Opiniões

Resposta de Dante com observações do blog

No último sábado, dia 28, às 21h20, o vereador Dante Pinto Lucas fez um comentário (aqui), sobre post que tratava do descarte de seu nome como líder do governo Nahim na Câmara, após esta opção ter sido revelada também pelo blog (aqui). O blogueiro, que só viu o comentário no domingo, demorou a aceitá-lo por não ter conseguido confirmar a autoria, já que o e-mail utilizado no envio não era do comentarista. Remetente confirmado no contato telefônico de hoje, segue abaixo a resposta do vereador, com destaque de post, seguida de duas observações do blog:

 

Dante: Fico impressionado quanto às especulações em torno do meu nome, nunca houve tal convite , e apesar de Nahim ser meu amigo ,não poderia ser líder de um governo onde não concordo com vários secretários de governo,inclusive já vou me posicionar contrário a uma matéria do governo que está na câmara,portanto esta liderança seria imcompatível com minha posição além de considerar que na bancada de situação temos vários colegas que poderão desempenhar bem esta função, inclusive Magal.

 

Blog: 1) Embora nega o convite, que o blog nunca afirmou ter exstido, Dante não nega que seu nome foi cogitado à liderança de Nahim.

         2) Discordar de nomes que, herdados de Rosinha, ainda constituem o secretariado de Nahim, não é condição exclusiva de Dante. A pressão neste sentido exercida por ele e outros vereadores da antiga oposição à prefeita cassada, hoje base da situação do prefeito interino, tem gerado todo tipo de especulação, em blogs e jornais com mais e menos credibilidade. Por enquanto, continua valendo para eventuais mudanças o prazo determinado por Nahim, com exclusividade, em entrevista ao blog (aqui), reproduzida na Folha:

Folha – Qual é o seu deadline entre o prefeito interino de Rosinha e alguém disposto realmente a fazer um governo com cara própria? Seria o julgamento dela no TSE, adiado para semana que vem?
Nahim –
Muitas coisas eu fiz porque precisam de ações imediatas. Algumas coisas, a longo prazo, eu prefiro aguardar essa decisão (…) 

Folha – Mas não há um prazo?
Nahim –
Sinceramente, não. Muito se fala no julgamento do recurso de Rosinha. Mesmo que Rosinha não volte, ainda há o julgamento do mérito.

Folha – E se uma nova eleição for marcada?
Nahim –
Aí, sim
”.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu