Política de Campos

blogue charg

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Analu

    Convite a todos moradores de Campos:
    No sábado 26/03/11, haverá uma manifestação da população e dos aprovados do PSF. Venha participar você também! É hora de exigirmos a valorização da Saúde em Campos e cobrar a ativação de todos PSFs!
    Lema da Manifestação: PSF CAMPOS – Necessidade da população e Direito dos concursados!
    Local: no CRTCA Henrique Oliveira (perto do Exército)
    Horário: a partir das 8:30hs

    Chamada gradativa dos aprovados: prudência ou negligência?
    A prefeitura de Campos noticiou que a convocação dos aprovados do PSF será feita de forma gradativa.
    Faço o seguinte questionamento: Seria essa uma medida prudente e “cautelosa” ou uma medida negligente ao “enrolar” a população??
    Como todos já sabem, o PSF está parado há um bom tempo (desde 2008), e o povo tem sofrido as conseqüências. Diabéticos descompensados, hipertensos descontrolados, crianças sem acompanhamento e vacinação, simples lesões cariosas progredindo e levando a extrações dentárias… etc. E as filas nos hospitais, só aumentando.
    Investir em tratamento curativo de doenças é muito mais oneroso para os cofres públicos que prevenir tais doenças. E Prevenir é exatamente um dos papéis do PSF.
    Então, porque o retorno do PSF está sendo gradativo e lento??? Atenção básica e cuidados primários/preventivos à saúde não seria uma necessidade de urgência????
    Em todo ato administrativo há presunção de legitimidade e veracidade. Está na lei, mas o que significa?
    Significa que todas decisões/atos dos administradores públicos são considerados corretos. No entanto, trata-se de uma presunção relativa, cabendo ao cidadão provar o contrário. Ou seja, cabe a nós, cidadãos, questionarmos o que achamos incorreto no administrar público.
    Chamar de forma gradativa os aprovados do PSF, nas condições em que se encontra a saúde da população, é sem dúvida um ato administrativo que não busca o interesse de bem comum coletivo, nem mesmo obedece os princípios básicos de administração pública, como proporcionalidade, razoabilidade, finalidade e eficiência.
    Buscar o melhor resultado para essa situação, com menores custos e no menor espaço de tempo seria “ promover a ativação dos PSFs de forma urgente”.
    Então, chega de tanta enrolação! Vamos questionar na prefeitura e reclamar por adequação de medidas que de fato busquem o interesse coletivo – a saúde da população! Queremos todos PSFs funcionando JÁ!

  2. luiz soares de albuquerque

    ACHO QUE A CHAPA VAI ESQUENTAR NESSE BARRACÃO .

Deixe um comentário