Opiniões

Antecipação do debate eleitoral antecipa pré-candidatura de Rosinha

 

Sempre bem informado, o jornalista Saulo Pessanha revelou aqui que a prefeita Rosinha Garotinho, eleita pelo PMDB, assina sua filiação ao PR na próxima sexta, às 18h, no Automóvel Clube Fluminense, em evento do partido comandado no município por seu filho Wladimir. Em conversa agora há pouco com o blogueiro, uma fonte do primeiro escalão do governo disse ainda não poder confirmar essa informação, tampouco se o fato novo significaria a aceitação da antecipação do debate eleitoral de 2012, que Rosinha sempre declarou querer evitar em 2011, mas não conseguiu conter nem na oposição, nem no próprio marido, o deputado federal Anthony Garotinho (PR).

O fato é que essa polarização indesejada pelo governo conseguiu antecipar não só o debate sucessório, mas o próprio lançamento da pré-candidatura da prefeita à reeleição, inicialmente planejada para acontecer só na virada do ano, como o blog havia revelado aqui, em 5 de julho. Na verdade, aquela postagem foi uma repercusão, com fontes governistas, sobre o Ponto de Vista do Chistiano Abreu Barbosa, que no dia anterior (4 de julho) registrou aqui a aparente segurança que permitia à situação ditar o cronograma sucessório. Não que Rosinha tenha deixado de ser franca favorita nessa corrida, mas de lá para cá algumas dúvidas sobre sua administração foram dilatadas, abreviando em contrapartida suas datas eleitorais.

Com quase todos os setores conveniados e contratados acusando atrasos no repasse (aqui), com obras públicas paradas ou caminhando a passos de cágado (aqui), com decretos da prefeita cortando despesas em 10% (aqui), com parte da receita municipal bloqueada pelo TJ por dívidas judiciais não honradas (aqui), e sem ainda nenhuma justificativa convincente para a generalização desse aparente quadro de penúria, inexplicável diante do orçamento de R$ 1,9 bilhão aprovado para Campos desde dezembro de 2010, o momento governista é de reação. 

Reflexo claro desta necessidade, além de abreviar o lançamento da pré-candidatura de Rosinha, foi a tensa reunião de ontem à noite, com cinco horas de duração, revelada aqui pelo também sempre bem informado advogado Cláudio Andrade, na qual Garotinho teria passado um “carão” nos secretários municipais, sobretudo em César Romero, Tom Zé e  Eduardo Crespo, chegando a ameaçar os dois primeiros (responsáveis pelas obras) de exoneração.

Além dos óbvios questionamentos institucionais (e legais) de um deputado federal assumir as funções da chefe do executivo municipal, que aliás foi eleita optando por omitir o nome de Garotinho em toda sua irretocável campanha, talvez fosse a hora de alguém do governo tentar reconduzir aos trilhos da racionalidade, não ao descarrilhamento do destempero passional, essa reação que Rosinha busca e precisa, como prefeita e pré-candidata. Leitura de cabeceira do ex-governador, seria tudo que o Príncipe de Maquiavel aconselharia.

Caso contrário, a continuar conduzida na atual toada, a provável vitória governista em 2012 ficaria menos impossível de ser contradita.    

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 8 comentários

  1. bem, o governo de rosinha não tem nenhum ponto positivo,ela não melhorou a vida do povo campista, se melhorou alguem me apresente as melhorias por que eu não as vejo, ela apenas continuou a getão anterior!
    continuando as reduçoes e nossas perguntas nunca respondidas, pra onde estão indo os mulhoes do petroleo?
    qual a atual participação do deputado federal garotinho em sua gestão?
    perguntas que talves nunca serão respondidas.

  2. Afinal Srs Cesar Romero , Tom Zé e Eduardo Crespo quem governa esta cidade ELA ou ELE . Aos Srs : Um pouco de DIGNIDADE ia bem!!!!!!

  3. Se realmente ela virá como candidata a reeleição, será maravilhoso é tudo que o povo de bem quer.Estou torcendo que isto venha mesmo a acontecer para que Campos continue crescendo.Pois só com Rosinha na prefeitura para tudo continuar melhorando.

  4. Com tanta falta de responsabilidade com o povô, e rombo em varios setores da prefeitura ficaria com vergonha de concorrer o novo pleito em 2012,esta reunião com secretarios comfirma o rombo e toda mentira de Garotinho na eleição de 2008 quando afirmou que Rosinha que governaria nossa cidade.

  5. CRESCENDO SÓ SE FOR COMO RABO DE CAVALO MARIA, UMA VERGONHA ESTE,GAROTINHO, ESCONDINDO EMBAIXO DA SAIA DE ROSINHA DURANTE A CAMPANHA ELA TIROU ATÉ O SOBRENOME DELE, LEMBRA (trecho excluído pela moderação) DISSO, AGORA ELE FICA MANDANDO COMO SE FOSSE O PREFEITO UMA VERGONHA, CADE O MINISTÉRIO PÚBLICO, HOJE TEM MAIS TERCERIZADOS DO QUE NO OUTRO GOVERNO AH NESSE PODE NÉ, TANTAS PROFESSORAS PASSARAM NO ÚLTIMO CONCURSO PORQUE ROSINHA NÃO CHAMA, ELA QUER CONTRATADO, PARA QUER SERÁ MARIA BOQUINHA, PARA VOTAR , FICAR EMBAIXO DO PÉ DELES, ACORDA MINISTÉRIO PÚBLICO ,ACORDA POVO DE CAMPOS.

  6. CRESCENDO SÓ SE FOR COMO RABO DE CAVALO MARIA, UMA VERGONHA ESTE,GAROTINHO, ESCONDINDO EMBAIXO DA SAIA DE ROSINHA DURANTE A CAMPANHA ELA TIROU ATÉ O SOBRENOME DELE, LEMBRA (trecho excluído pela moderação) DISSO, AGORA ELE FICA MANDANDO COMO SE FOSSE O PREFEITO UMA VERGONHA, CADE O MINISTÉRIO PÚBLICO, HOJE TEM MAIS TERCERIZADOS DO QUE NO OUTRO GOVERNO AH NESSE PODE NÉ, TANTAS PROFESSORAS PASSARAM NO ÚLTIMO CONCURSO PORQUE ROSINHA NÃO CHAMA, ELA QUER CONTRATADO, PARA QUER SERÁ MARIA BOQUINHA, PARA VOTAR , FICAR EMBAIXO DO PÉ DELES, ACORDA MINISTÉRIO PÚBLICO ,ACORDA POVO DE CAMPOS
    NÃO ESTÁ NADA REPETIDO..

  7. Também sempre bem informado advogado Cláudio Andrade? Acha mesmo que dá para comparar ele com o Saulo Pessanha? Não era ele que você disse ser mais conhecido na blogosfera como “dotô ctrl+c/ctrl+v”. Mudou?

  8. Caro Antônio,

    Se é um fato que ele teve e divulgou antes a informação da reunião, é um fato que, até por questão ética, merece o crédito, assim como merecia o hoje o Saulo ao ser replicado (após seu comentário) pelo Cláudio, mas sem o crédito devido, na informação de que a prefeita Rosinha deve assinar sua filiação ao PR no evento do partido da próxima sexta. De qualquer maneira, na analogia por vc proposta, o que talvez não dê para comparar é a experiência de mais de três décadas do Saulo enquanto jornalista, com um advogado que nunca passou por uma redação e milita em mídia virtual há poucos anos. Este, aliás, é o maior diferencial de blogs feitos por jornalistas com aqueles feitos por profissionais de outras áreas, que até por falta de conhecimento teórico e, sobretudo, prático, mesclam informação com opinião, numa pretensão até infantil (por ingênua e egocêntrica) de estarem construindo uma nova forma de jornalismo.

    Se bem que, na blogsfera local, o mesmo equívoco é também cometido em blogs de jornalistas que não encontram mais espaço para trabalhar na imprensa, passando a atacá-la com evidente dose de ressentimento profissional mal travestido de crítica impessoal. À parte isso, como diria o Pessoa, há ainda o fato de que a imensa maioria destes blogs, feitos ou não por jornalistas, criticam a pretensão de isenção da imprensa, enquanto pregam substituí-la pelo conceito de independência, apenas um novo nome para o mesmo “deus”, abstrato como qualquer outra idéia, cuja diferença real se dá não pela “fé”, mas pela maneira como ela orienta sua prática midiática de todo dia.

    Sinceramente, dos blogs locais que leio entre os não hospedados na Folha Online, os únicos que enxergo como verdadeiramente independentes são os feitos pelo jornalista Ricardo André Vasconcelos, pelo advogado Cléber Tinoco e, com as distinções devidas a uma produção coletiva, pelo pessoal do Sociedade Blog. Não digo que não possam existir outros; refiro-me só aos que eventualmente leio. Entre estes, como já disse em comentários anteriores, a imensa maioria que se auto-proclama “independente”, o faz desprovida de qualquer senso do ridículo, diante de tão desavexados interesses políticos e de poder dos mais variados tipos.

    A própria veiculação comercial, apontadada pelos maniqueístas como distinção entre “nova” e “velha” mídia, desvanece à luz do sol real refletida virtualmente nos espaços publicitários cada vez mais comuns na blogosfera local. E não há nada de errado nisso entre os blogs, como nunca houve em todas as mídias que os antecederam, desde que, independente dos casos, os interesses comerciais não interfiram a molde na linha editorial, ainda que de maneira mal disfarçada, como promovendo entrevistas de cunho aparentemente jornalístico com cada novo anunciante, público ou privado.

    Voltando especificamente ao Cláudio Andrade, creditado no post e citado em seu comentário, o que posso dizer é que, em minha avaliação, ele manifesta claros projetos pessoais de poder (na OAB e, se possível, na política partidária), é algumas vezes exagerado, em outras tantas parcial, e comete delizes éticos desnecessáros, como o assinalado no começo deste extenso comentário, ao não dar o crédito devido às fontes das informações que divulga como frutos da sua própria apuração.

    Em contrapartida, trata-se de um workaholic, fuçador competente e criterioso das publicações do Diário Oficial de Campos, que soube angariar e cativar um considerável número de fontes (maior segredo para o sucesso na atuação em qualquer mídia), tornando-se com méritos uma referência da blogosfera local, cuja luz emanada das suas informações genuinamente próprias, como no caso da reunião em que Garotinho passou um “carão” no secretariado de Rosinha, têm que ser devidamente reconhecidas, desde que filtradas as sombras do seus eventuais interesses. Ressalva, de resto, necessária a qualquer outro blogueiro (inclusive este).

    Abraço e grato pelo ensejo ao debate!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu