Opiniões

Contra o abestamento moral

Tudo bem, o post da Gianna Barcelos (aqui) já tem três dias, mas no reino das “santidades duvidosas” e dos “amorais de todas as ocasiões”, algumas constatações, por mais óbvias que possam parecer, têm o poder devastador das ofensas aos “dogmas” pré-queda do muro de Berlim (num hoje já distante 1989), paridos no maniqueísmo raso em torno do próprio umbigo fundo. Pecados (ou bizarrices?) tão imperdoáveis quanto arroubos de violência, de arma em punho, abafados em acordos no Judiciário, até os vexames pelo uso e abuso de álcool, entre outras cositas mais, abafados por colegas das forças de segurança, pagos com o dinheiro do contribuinte.

Mas como ainda ainda há quem creia na moralidade pública, mesmo nestes tempos de julgamento do Mensalão na mais alta corte do Planalto Central, como provam as iniciativas da sociedade civil desta Planície Goitacá, quer seja contra o aumento salarial máximo do seu Legislativo (aqui), quer seja pela necessidade do voto limpo na eleição do seu Executivo (aqui), vale a pena conferir a reflexão da blogueira…



A autora do Blog Reflexões não tem candidato a prefeito ainda, mas sabe em quem NÃO VAI VOTAR.

Não tenho motivos contra ROSINHA, [posso não gostar de determinados atos dela, mas não gostar dela é diferente] nem contra ARNALDO, [não gosto de continuar insistindo numa situação que sabe que é irreversível, goza de minha simpatia por ser extremamente humano e, pela grande superação que enfrentou diante de um aneurisma cerebral], mas eleições se disputam nas URNAS e não na JUSTIÇA.

Estamos a poucos dias das eleições e, ainda disputam na Justiça? Contratam advogados a quilates de ouro? De, onde vem este dinheiro?

Isto não é ELEIÇÃO gente.

Eleição se dá pelo voto espontâneo neste ou naquele candidato de acordo com o que ele se propõe a fazer.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. NÃO LEVANTAR FALSO TESTEMUNHO. A verdade ou veracidade é a virtude que consiste em mostra-se verdadeiro no agir e no falar, fugindo da duplicidade, da simulação e da hipocrisia.O respeito à reputação e à honra das pessoas proíbe toda atitude ou palavra de maledicência ou calúnia. A mentira consiste em dizer o que é falso com a intenção de enganar o próximo, que tem direito à verdade. A sociedade tem direito a uma informação fundada na verdade, na liberdade e na justiça. É conveniente que se imponham moderação e disciplina no uso dos meios de comunicação social. A inveja é a tristeza sentida diante do bem de outrem. “Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus”

  2. Campos não merece esta indefinição.
    Não tem muito tempo, as melhores notas no concurso para o magistério eram de Campos.Os melhores lugares classificatórios para residências em medicina eram de Campos,como nós perdemos isto?
    Vamos continuar com esta mesmice?
    Acorda Campos,sacode a poeira e dá a volta por cima,mostre que tens valor,que és forte ,que vc não se vende,nem que te compram.
    Vote em ficha limpa Não vote em quem tem processos pendentes.

Deixe uma resposta

Fechar Menu