Opiniões

PF divulga e o blog reproduz vídeo da conversa de Alexandre Rosa com Rodrigo Rocha

Na coletiva de hoje, encerrada com as diligências para entregar mandados de intimação em Campos e São João da Barra, o delegado titular da PF em Campos, Paulo Cassiano Júnior, distribuiu à imprensa um CD com gravações em áudio, da prefeita Carla Machado (PMDB), e em vídeo, do vereador e candidato a vice na chapa governista à Prefeitura, Alexandre Rosa (PMDB). Hoje, o blog reproduz o vídeo, contendo a conversa de Rosa com o candidato a vereador Rodrigo Rocha (PR), um dos principais motivos para a prisão de Carla, como este “Opiniões” divulgou aqui, em primeira mão, na madrugada de quarta.

O texto explicativo, também transcrito abaixo, foi produzido pela própria PF…

Vídeo de Alexandre Rosa conversando com Rodrigo Rocha, candidato do PR.

O candidato a vice prefeito de SJB estaria intermediando o apoio e a compra dos votos de Rodrigo Rocha para que ele apoiasse Renato Timóteo. A prefeita não saberia dessa negociação porque, segundo ele, estaria fazendo uma surpresa à Carla.

6 minutos e 25 segundos:

Alexandre diz que, pelas pesquisas, 3300 votos fazem um vereador na câmara, mas se Rodrigo sair, não faz nenhum.

9 minutos e 30 segundos:

Alexandre pergunta a Rodrigo: “Ele não conversou com você?”, fazendo sinal de dinheiro com a mão (aparece no vídeo e tem foto). Ele se refere a Renato Timóteo.

11 minutos e 2 segundos:

Alexandre sugere a Rodrigo que ele elabore um documento, discriminando quantos votos ele estaria vendendo e o que ele queria receber em troca.

14 minutos e 18 segundos:

Alexandre pergunta: “Qual candidato você quer apoiar? O amigo que esteve aqui”, que seria o Renato Timóteo.

18 minutos e 30 segundos:

Alexandre novamente sugere que seja redigido um documento com tudo, dizendo que saiu da candidatura. Mas com coerência, o que é dele e quais as obrigações.

22 minutos e 20 segundos:

Alexandre fala para Rodrigo entregar uma carta de desistência. Rodrigo pergunta como ela deve ser feita e Alexandre responde que “vai passar do jurídico para saber como é que faz”.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 3 comentários

  1. Caro Aluysio
    Tem fatos cabeludos que já ocorreram na política de Campos acondicionados numa caixa-preta que ninguém consegue elucidar:
    Os R$ 318 mil reais achados na sede do partido é um verdadeiro “batom na cueca”. Evidências tão claras, tão incontestáveis, mas…. deixa pra lá.
    A Operação Cinquentinha causou um alvoroço danado na época, comentava-se que cabeças iam rolar e…morreu no nascedouro.
    E a caixa-preta continua intacta, cheia de dinheiros e dúvidas que não querem se calar.

  2. Caro(a?) “jornalismolimpo”, comentarista das 2h38, IP: 201.17.100.16,

    Por motivos de ordem ética e legal, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar comentários anônimos. Se quiser repetir o seu, bem como fazer qualquer outro, sobre este ou qualquer outro post, necessário que utilize seu nome verdadeiro.

    Liberdade, pelo menos nos blogs da Folha, tem que rimar com responsabilidade.

    Abç e grato pela colaboração!

    Aluysio

  3. Esta gravação foi feita no dia 19/09 e o MP Eleitoral somente tomou ciência no dia 02/10. Não havia autorização judicial para haver gravação. (prova ilícita)

    Tanto quem gravou quanto quem foi gravado em tese responderiam por ilícito penal. Não vejo razões para ser elogiado pelo Delegado da PF.

Deixe uma resposta

Fechar Menu