Opiniões

Na corrida por dentro à Alerj, Hirano, Magal e Gil respondem a Clarissa

Clarissa, quando esteve na Folha para garantir a candidatura à Alerj de Kitiely, vereadora de Quissamã

 

Não caíram bem na base de apoio à prefeita Rosinha Garotinho (PR), na Câmara de Campos, as declarações da deputada estadual e pré-candidata a federal Clarissa Garotinho (PR), sobre quem no seu partido já teria candidatura certa à disputa da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), em outubro. Após procurar a redação da Folha, na manhã do último dia 24, a filha do casal Garotinho disse (aqui) ao jornalista Alexandre Bastos que estariam com as vagas asseguradas Geraldo Pudim, Éber Silva e Bruno Dauaire, além da vereadora quissamaense Kitiely Freitas, que a acompanhou na visita. Já sobre as chances dos vereadores campistas Paulo Hirano, Jorge Magal e Gil Vianna, Clarissa se limitou a dizer que os três “correm por fora”.

Confira abaixo o que cada um dos edis de Rosinha achou das considerações da deputada:

 

Hirano1Paulo Hirano — Não tem ninguém correndo por fora. Até que as convenções definam quem serão os candidatos do PR de Campos a deputado estadual, todos correm por dentro, inclusive quem tem serviços prestados na defesa do projeto que levou a prefeita Rosinha (PR) ao poder e nele o mantém com altos índices de aprovação. E têm direito de achar o mesmo quem está no PR de outros municípios, como é o caso de Kitiely, em Quissamã, ou de Bruno Dauaire, em São João da Barra. No meu caso, ciente de que política é uma prática de grupo, posso dizer que Garotinho, nossa liderança maior, está ciente de todos os nossos passos em direção a outubro, desde que se cogitou lançar meu nome a deputado federal, como chegamos a falar (aqui), até depois, quando Feijó questionou a divisão de votos que sua tentativa de reeleição poderia sofrer, e a ideia do grupo passou a ser minha pré-candidatura a deputado estadual. Foi uma decisão de grupo. Portanto, volto a repetir: não há ninguém correndo por fora. É no grupo, dentro dele, que vamos tomar as decisões para outubro, a reboque do projeto maior deste mesmo grupo, que é eleger Garotinho mais uma vez governador.

 

MagalJorge Magal —  Confio naquilo que o jornalista Alexandre Bastos e a Folha publicaram. E sendo assim, não tenho como não questionar a deputada Clarissa quando ela diz que eu e os colegas vereadores Paulo Hirano e Gil Vianna estamos “correndo por fora”, na luta pela candidatura a deputado estadual. Não entendi a fala dela neste sentido. Ou eu estou dentro, ou não estou. Quem corre por fora é porque está fora do grupo. E este não é, nem nunca foi, o meu caso. Nós somos do partido em Campos, como a Kitiely é do partido em Quissamã, e Bruno Dauaire, do partido em São João da Barra. Não esperamos que Clarissa possa definir tudo numa frase, pela sua vontade. Nós estamos esperando a definição de Garotinho. Lá atrás, numa reunião no final do ano passado, quando oito eram os nomes postos pelo PR em Campos para se lançarem a deputado estadual, Garotinho definiu numa reunião que seriam quatro: Pudim, Éber, Gil e eu. Depois, quando ficou decidido que Hirano não viria mais a federal, mas a estadual, ele também entrou nessa disputa. E quem vai defini-la é o próprio Garotinho, mais ninguém.

 

Gil ViannaGil Vianna — Como sempre, reagi à declaração de Clarissa com muita tranquilidade, muita objetividade. O partido tem um presidente regional, que é o deputado federal e nosso futuro governador Anthony Garotinho. É ele, portanto, que eu e todos os demais correligionários, de Campos e outros municípios, temos que ouvir. Clarissa é filha dele, faz parte do partido, mas quem decide é Garotinho. Quando ele disser, quando ele definir, se o meu nome não for escolhido, se ele entender que é melhor assim, tudo bem. Faço parte de um grupo e trabalharei pelos nomes que forem escolhidos para representar o grupo. Mas, até lá, eu não estou correndo por fora, estou por dentro, na briga, tanto quanto qualquer outro. Até porque, Bruno é de São João da Barra, e Kitiely, de Quissamã. Em Campos, assim como os companheiros Paulo Hirano e Magal, eu tenho consciência de que meu trabalho está sendo feito na Câmara. Até Garotinho definir os nomes, o que deve acontecer no final ainda deste mês, tudo mais que se disser sobre isso será só especulação. E não se pode perder de vista que quem especula, o faz de acordo com seus interesses.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 16 comentários

  1. ALÔOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO BRUNO DE SÃO JOÃO DA BARRA ???????????????? VC,S ESTÃO (trecho excluído pela moderação) !!!! ELE PODE SER DE NITERÓI,BOUGVILE (CAMPOS) MENOS DE SJB.QUEM AMA MORA AQUI E NECO E O POVO BOTOU ESSA RAÇA DE VEZ PARA FORA DAQUI

  2. fico apavorado em ver nossos edis,dizendo que quem resolve td e garotinho,vcs me desculpem mais isso e muita (trecho excluído pela moderação).quem resolve minha vida sou eu.cuidado daqui a pouco ele vai resolver com quem seus (trecho excluído pela moderação) vao andar.tomem (trecho excluído pela moderação) e cuidem vcs mesmo das suas vidas.

  3. parabéns aos meus amigos vereadores de campos , tem pessoas que precisam entender que os valores não podem se inverter ,os prés-candidatos , sejam eles para câmara federal ou estadual que devem trabalhar e muito para eleger o governador e não os filhos do pré-candidato ao governo do estado, por uma vontade pessoal e totalmente desagregadora declarar apoio a candidato A ou B , ate porque tem a questão do merecimento , que ao meu ver esta totalmente equivocada. Mas tem certeza que como bem disse meus amigos vereadores de campos , na hora certa o líder , fará prevalecer o projeto maior e não uma vontade pessoal , toda candidatura é legítima e deve ser respeitada , digo respeitada não privilegiada.abs ao dep Geraldo Pudim e aos amigos vereadores Gil Viana , Paulo Hirano e Jorge Magal.

  4. sou d tocos e to contigo magal.agora,se vc for deixado d lado nem em garotinho voto mais

  5. Boa Noite

    Uma vergonha, garotinho é quem resolve a vida destes paus mandados…
    Tá na cara que não vão concorrer a nada. Clarissa tem os nomes que o pai já escolheu, ela não ia falar em vão. Ela precisa dos votos de td região.

  6. Não se iludam vereadores da família, (assim como o verão) Garotinho fala com a boca de toda prole, não tem essa de Vlad, Clarissa ou Rosinha, a boca é deles mais a fala é de Garotinho… Isso é só (trecho excluído pela moderação) mesmo vem depois!

  7. Prezado Aluyzio,
    Compareci à sede da Folha a convite do Jornalista Alexandre Bastos, por quem tenho muito respeito, para conversar sobre a estratégia partidária de fortalecimento de candidaturas femininas. Essa foi a razão de estar acompanhada da vereadora Kitiely Freitas. Evidentemente, Bastos me fez muitas perguntas sobre o governo municipal, estadual, eleição presidencial e estratégias partidárias na região. Minhas palavras podem ter sido mal interpretadas, mas jamais tive a intenção de vetar o nome de qualquer companheiro na disputa, seja para a Alerj ou para a Câmara Federal. Não existe candidatura que “corre por fora”. Ou a pessoa tem a vaga, ou não tem. Funciona assim em todos os partidos políticos. Eu me referi às possíveis dobradinhas que já estavam se desenhando… Minha com Kitiely, Bruno e Pudim. E de Feijó com o Pastor Éber. Quanto aos demais, as conversas ainda não avançaram, embora existam claramente preferências pessoais. Fui inclusive indagada pelo repórter se não seriam candidatos demais da região, contando todos os nossos possíveis candidatos que só serão referendados na convenção e os nomes da oposição. Respondi que considerando os votos válidos Campos pode, sozinha, eleger 8 deputados de 30 mil votos. Ou 5 de 50 mil, e ainda sobrar. O grande problema não é o número de candidatos da região, mas sim o número de candidatos que não tem nenhuma identificação com a região, levam os votos e depois nem retornam aos nossos municípios. Se de alguma maneira minhas palavras não foram bem interpretadas ou expressas inadequadamente por mim, peço desculpa aos meus companheiros de partido. E aproveito o espaço do seu blog para publicamente fazê-lo.
    Tenho respeito pelo vereador Gil Viana, tenho carinho pelo vereador Magal e tenho admiração pelo trabalho do vereador Paulo Hirano, a quem tive a honra de homenagear no ano passado na Assembleia Legislativa pela iniciativa pioneira de implantar a vacina do HPV gratuitamente nos postos de saúde de Campos.
    Todos os nomes ouvidos por este blog tem plenas condições de disputar as eleições e serão definidos na convenção de Junho. Todos os pré-candidatos tem legitimidade para colocar seu nome à disposição da sociedade e todos tem contribuído de maneira significativa com o projeto da prefeita Rosinha de fazer de Campos uma cidade mais bonita, mais próspera e melhor para se viver.

    Abraços,

    Clarissa Garotinho

  8. Santo Deus! Quer dizer que continuaremos sem ter quem nos represente! Com os 3, com qualquer um dos três, a inépcia será a mesma! Mau sinal!

  9. Essa Kitiely é muito inteligente, anotem o nome dessa menina.

  10. Esse Grupo liderado pelos Garotinhos, não conhecem a palavra Gratidão, um exemplo claro é em relação ao Radialista, Ex-Deputado e Ex-Prefeito de São Francisco Barbosa Lemos, que lutou como um Gigante no Projeto Muda Campos, que na verdade nada mudou, para eleger Rosinha Garotinho Prefeita de Campos em 2008/2012. Todos sabem, inclusive Garotinho, que Barbosa tem um grande desejo de disputar as eleições para Deputado nessas eleições de 2014, porém seu nome nunca foi lembrado pelos seus aliados do passado. É muita Ingratidão com quem foi usado como um Arauto para denunciar até coisas infundadas para favorecer a candidatura de Rosinha a Prefeitura. Os amigos de Barbosão esperam que sua candidatura vingue até para dar uma resposta aos ingratos. Força Barbosa, Você sempre soube encarar os desafios com trabalho e dedicação.

  11. Parabéns pelas palavras sensatas dos vereadores de Campos em relação a declaração de Clarissa,acho que nem ela nem Wladimir não define nada,quem irá definir é GAROTINHO.
    Quanto ao Bruno ele não é de São João da Barra,ele é apenas do PR de São João da Barra,ao qual por uma amizade repentina com Wladimir estão tentando de tudo promove-lo,até aniversário de 1 ano ele comemorou aqui na cidade,haja visto que como nunca comemorou nenhum outro,esse só pode ser de 1 ano.
    em ano de eleição até boi voa em São João Da Barra.

  12. Acho que todos correm por fora… pq dentro mesmo só os que hj estão. Hahaha…

  13. So queria entender: pessoas falam em grupo, mas quem decide é uma pessoa!!! Fica parecendo um curral, onde qual boi pode escolher um caminho, mas quem decide se vai matadouro ou para o pasto é o dono da fazenda.

  14. O comentário da dep. Clarissa deve ser oriundo de conversa entre seus familiares. Não precisa ela agora se desconversar. veremos nessas eleições quem o patriarca ira desagradar, como já fez com tantos.

  15. Pode vir todo mundo, mas quem trata a nossa cidade de Campos com bastante atenção é o deputado Roberto Henriques, vamos lá deputado buscar será mais uma vez a campanha do tostão contra os milhões.

  16. Pouco tempo arás eu fiz um comentário sobre o mal que os filhos podem a fazer aos seus pais, em se tratando de politica é claro. Me parece que a familia Garotinho esta vivendo essa maldição. O casal de filhos do pré-candidato a governador Garotinho só vem causando mau estar dentro do grupo politico pai. Acorda Garotinho, você vai perder muita gente boa que esta ao seu lado por conta das vaidades de seus filhos, só fazem bobagem e desagregam o tempo todo. Acooorda Governador.

Deixe uma resposta para Leandro fernandes Cancelar resposta

Fechar Menu