Opiniões

Wladimir: “Oposição só deve eleger um estadual; federal, nenhum”

Sem temer as reações, o presidente do PR em Campos, Wladimir Garotinho, acredita que a oposição no município e na região terá espaço para a eleição de apenas um deputado estadual em outubro. Essa projeção só teria alteração, caso se confirmasse a ruptura local com o PRB de Marcelo Crivella, que ele não confirma ou descarta. Em seu próprio grupo, Wladimir aposta na eleição da irmã Clarissa e de Paulo Feijó a deputado federal, se eximindo em apostar em nomes a estadual, embora tenha ressalvado que caso se eleja à Alerj, Bruno Dauaire (PR) se cacifaria para disputar a prefeito de SJB em 2016. Sobre a sucessão de Rosinha em Campos, embora valha o mesmo raciocínio, ele advertiu: “Se Garotinho ganhar a governador, será uma coisa. Se não ganhar, será outra”.

 

 

Governistas em outubro — O quadro de deputados está muito embolado. Para federal, acho que elegemos Clarissa e Feijó. Quanto aos estaduais, a coisa está muito dividida. Historicamente, sempre tivemos muito candidatos, facilita a legenda, mas dificulta a eleição dos candidatos. Uma coisa posso dizer com certeza: Tem que ter voto em toda a região. Só com o eleitorado de Campos, é muito difícil para qualquer um.

Oposição em outubro — Acho que a oposição em Campos e nos municípios vizinhos vai eleger apenas um candidato a deputado estadual. Federal, nenhum.

Candidatura à Alerj abortada — Abri mão da minha pré-candidatura para não gerar ciúmes no nosso grupo. Com Clarissa isso não aconteceria porque ela já tem um nome eleitoralmente consolidado, tendo conquistado mandato mesmo quando meu pai não tinha cargo nenhum. Sou presidente do PR em Campos, sou um político de grupo, e entendi isso. E o objetivo maior do grupo é eleger meu pai governador.

Eleição a governador — Acredito que vamos ganhar. E não é impossível que façamos isso ainda no primeiro turno, desde que tenhamos menos candidatos concorrendo. Se tiver segundo turno, acredito que meu pai disputará com  o candidato da máquina (o governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB), mesmo que este agora só tenha entre 6% a 7% das intenções de voto.

Lindbergh Farias — O PT está claramente dividido sobre a candidatura de Lindbergh. Grande parte do partido não quer que ele seja candidato e muitos prefeitos petistas estão com Pezão. No plano federal, o PT não quer sacrificar a aliança nacional com o PMDB por conta da aventura de uma candidatura a governador do Rio. E, se não fosse mais nada, Lindbergh embicou nas pesquisas.

Marcelo Crivella — Crivella, em toda eleição, tem um teto. Na eleição passada, por exemplo, ele só conseguiu se eleger senador porque meu pai lhe deu uma força na reta final.

Mudança para o Rio — Estou me mudando na próxima segunda-feira (amanhã, dia 14) ao Rio para ajudar meu pai na campanha. Aqui, ele já tem minha mãe na Prefeitura para ajudá-lo. Já vinha fazendo esse trabalho junto a ele em Brasília, como deputado federal, e agora farei no Rio, na  campanha a governador. Quando acabar, eu volto a Campos, até porque vou manter a presidência do PR no município.

Apoio a Bruno Dauaire — Venho ajudando Bruno, como também tenho ajudado outros candidatos. Mas é até natural que grande parte do grupo que se reuniu em torno da possibilidade da minha candidatura a deputado estadual, com o objetivo de renovação do nosso grupo político, passe a ter apoiado Bruno para seguir buscando esta mesma renovação, depois que eu decidi abrir mão de disputar a eleição.  Além do que, se Bruno conquistar o mandato à Alerj em 2014, tem tudo para disputar a Prefeitura de São João da Barra em 2016.

Relação com Geraldo Pudim — Minha relação com Pudim nunca esteve desgastada. Ele é amigo da minha família e integra nosso grupo político desde o início. O que temos é uma diferença de gerações.

Pressão de Garotinho aos vereadores — Isso nunca existiu. Participei da reunião dele com os vereadores (em 23 de março, revelada pela jornalista da Folha Suzy Monteiro, aqui, no dia seguinte). Não houve pressão nenhuma. Pelo contrário, meu pai só disse que como líder do grupo se sentia na obrigação de alertar a todos que o grande número de candidatos, embora fosse até bom para ele, como candidato a governador, poderia dificultar a eleição dos mesmos que estavam disputando uma vaga no grupo para se candidatarem.

Relação com o PRB — Hoje, os dois vereadores do PRB (Alexandre Tadeu e Dayvison Miranda) estão na base, votam com a gente na Câmara Municipal, além do partido manter a secretaria municipal de Pesca (com Carlos Henrique Costa de Souza). Mas eles vão apoiar Crivella para governador. Vamos avaliando para ver se continuamos com a parceria, ou não.

Desgaste do governo Rosinha com chuvas — Sempre que tivermos chuvas fortes, mesmo que Campos tenha a melhor rede de galerias pluviais do planeta, a cidade terá pontos de alagamento, por uma questão de topografia. Há pontos da área central da cidade que estão abaixo do nível do rio Paraíba. Mas onde fizemos Bairro Legal, por exemplo, não tem mais alagamentos. No novo Shopping Popular, já estamos licitando a obra de uma nova galeria pluvial.

Desgaste do governo Rosinha com protestos — Além do “fogo amigo”, como Pudim chegou a acusar, acho que também há participação da oposição na condução desses protestos. Grevistas da Uenf, por exemplo, chegaram a protestar em frente à Prefeitura de Campos. E o que responsabilidade a prefeita pode ter nos pleitos de uma universidade estadual? Os protestos em Santa Cruz e na RJ 216, cobrando transporte público, também teriam que ser endereçadas ao Detro, não à Prefeitura, já que as linhas Santa Cruz/São Fidélis e Farol/Barra do Furado são intermunicipais.

Sucessão de Rosinha — Ainda é cedo para falar, temos que esperar 2014. Claro que quem vencer em outubro, seja a deputado federal, seja a estadual, se fortalece. Mas são muitas condicionantes. Se Garotinho ganhar a governador, é uma coisa. Se ele não ganhar, será outra.

 

Atualização às 16h18 de 14/04 para correção de erro.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 28 comentários

  1. Não acredito q a oposição vai fazer 1 deputado estadual,a oposição não faz nada pelo o povo só reclama todos estão vendo isso.
    VOLTA GAROTINHO!!

  2. De todos as besteiras que disse so poderíamos aproveitar :

    ele advertiu: “Se Garotinho ganhar a governador, será uma coisa. Se não ganhar, será outra”.

  3. Se isso ocorrer, piora mais ainda!!!

  4. Farei campanha contra. cambada de oportunistas

  5. Caro André, há situações na vida, requer uma análise menos apaixonada. Penso que quando Wladimir, diz da possibilidade de a oposição fazer um deputado estadual. Certamente ele sabe o significado dessa afirmação. Acredito que o nome do possível eleito seja do atual deputado João Peixoto.

  6. Caro André, há situações na vida, requer uma análise menos apaixonada. Penso que quando Wladimir, diz da possibilidade de a oposição fazer um deputado estadual. Certamente ele sabe o significado dessa afirmação. Acredito que o nome do possível reeleito seja do atual deputado João Peixoto.

  7. Farei campanha contra também!!!!!!!!!!!!!!!
    GAROTINHOS NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Ao ler a Folha da Manhã de hoje, tive a oportunidade observar os prognósticos do Presidente do PR de Campos Wladimir Garotinho acerca das possibilidades dos candidatos nas eleições gerais de Outubro próximo.
    Segundo Wladimir a Oposição só fará um deputado a não ser que haja uma ruptura real do PRB de Marcelo Crivella, que no município possui dois vereadores, Alexandre Tadeu e Dayvison Miranda que ainda votam com a Prefeita Rosinha.
    O blog entrou em contato com o deputado Roberto Henriques para saber como o parlamentar recebeu as previsões de Wladimir. Roberto foi claro ao afirmar que o jovem político possui o direito de apresentar as suas opiniões acerca do cenário eleitoral da região. Todavia, segundo Henriques, ao afirmar que a Oposição não terá grande êxito no pleito, para deputado estadual, Vladimir comete o mesmo erro do seu pai, o deputado federal Garotinho, que na última eleição geral aventurou-se a prever o resultado das urnas.
    Segundo Roberto, na ocasião, Garotinho disse que Geraldo Pudim seria o deputado mais votado, inclusive cunhou a célebre frase em que afirmou que se tivesse dois votos, um seria de sua filha e o outro de Pudim.
    Porém, segundo Henriques, após o fechamento das urnas e conseguinte contagem, foi o ele, o mais votado, sendo eleito com 32.369 mil votos, ao passo que Geraldo Pudim, a promessa de Garotinho, obteve 24.492, não se elegendo, ficando na segunda suplência e enterrando as previsões garotistas.
    Blog do Cláudio Andrade

    Segue o link do vídeo com as promessas de Garotinho

  9. Concordo plenamente com o comentário acima do Carlos Heitor!!

  10. concordo com o Claudio mas nunca deixando de lembrar que tem muita rejeição neste governo atual o Wladimir esta totalmente equivocado temos nomes fortes que está aguardando a hora certa para que possamos trabalhar e mostrar sim a seriedade é que precisamos principalmente em nossa cidade falar é muito fácil quero ver quando as urnas se abrirem

  11. falou ….falou…..,mais não falou que deputado da oposição deve se eleger,fala aí……….

  12. pergunta pro dr. claudio andrade vc acha que o seu canditado se elege nao faz 8 mil votos ha ha aha duvido

  13. Sera , que o presidente do PR , não esta apostando. alto. demais , no Dauaire, se já não basta, o. que nunca fizeram. em 40 anos , dentro de S J Barra , agora vem. o Neto, , que. Pai e filho deixaram a desejar e inesplicavel O. Jovem ,presidente. Do PR , esquecer que. Pudim,ralou quando ,foi preciso , acho que e hora de trabalhar para a reeleição dele , acho um afronto,esta renovação, torço e voto contra

  14. Claudio Andrade,
    se vocé não levasse aquela verbinha do deputado (trecho excluído pela moderação), Eu até acreditava! acho que voc´conseguiria uma coisa melhor com sua prifissçao, do quer FICAR BABANDO O (trecho excluído pela moderação)!!!!

  15. ACHO ESTA FAMILIA,(GAROTINHO) MUITO DISSIMULADA E SEM CREDIBILIDADE, PEÇO DEUS EM NOME DE JESUS que esses falsos profetas que só pensam, nos seus própios enteresses suman de CAMPOS, PORQUE ELES NÃO TEM AMOR A CIDADE. E SIM AO PODER,

  16. NINGUÉM AGUENTA MAIS ESSA FAMILIA DE FALSOS PROFETAS.
    NÃO SE ESQUEÇA PROFETA 2 QUE EM SÃO JOÃO DA BARRA O PROFETA 01 TOMOU FUMO COM A ELEIÇÃO DE NECO APOIADO PELA EX PREFEITA CARLA MACHADO. (Trecho excluído pela moderação).

  17. O Wladimir para fazer análise política da cidade, tem que conhecer o município. Repare que ele não sabe nem onde é Santa Cruz. O Detro cuida das linhas intermunicipais e Santa Cruz fica a seis quilômetros da Pecuária.
    Para quem tem um pouco de idade, este governo da Rosinha está igual ao do Collor. Fazendo água por todos os lados.

  18. Essa família GAROTINHO é realmente obcecada pelo poder. Querem governo, prefeitura, alerj e câmara federal, mesmo assim os seus puxa-sacos estão ai para aplaudi-los. Não tem eles conhecimento de que o patriarca foi condenado por formação QUADRILHA; a prefeita não da explicação sobre o contrato das ambulâncias, o edital para contratação de transporte publico com insegurança jurídica, a gastança com carnaval do Farol. E WLADIMIR trabalha onde, como ele ganha a vida? Seria como assessor na prefeitura, no estado, na câmara dos deputados, ou quem sabe, nos três poderes. Não custa nada se fazer um levantamento.

  19. Claudio Andrade se tem alguem sem (trecho excluído pela moderação) e sem prestigio é vc e seu deputado hahahah

  20. Acho que devemos votar com consciência. Não vamos nos deixar levar por discursos bonitos e explosivos. Vamos procurar saber não só das promessas mas de onde vão sair as verbas para tantas promessas.
    Vamos votar em que falar menos besteiras. Falar que isso ou aquilo esta ruim em nossa cidade é bobagem, pois temos problemas em todas as frentes.
    Particularmente acho que todos os candidatos que até agora se apresentaram só querem realmente se eleger e fazer da politica a sua vida profissional.
    Vou votar naquele que nunca participou de politica, pois se fizer besteira é porque é novata, agora esta turma que esta ai a um tempão é só fazer coisa errada, para mim chega.
    Pensem nisso.

  21. Tenho dito e Repito;Garotinho x Senador e Rosinha x Governadora e Perdem.AGUARDEMOS…..

  22. Eu voto na oposição,pois são eles que mostram a verdadeira realidade,e por isso que Campos continua assim como está,UMA PORCARIA.ESSA (trecho excluído pela moderação) DO PR TEM Q SAIR DE CAMPOS.

  23. estes candidato de garotinho,estao vindo para o distrito de santa maria prometendo emprego na prefeitura de campos,ate os documentos das pessoas estao levando,por este motivo que eles falao que vai fazer muitos candidatos,sera que o ministério público sabe desta manobra

  24. Acho que o Wladimir tem certa razão em sua analise, realmente a oposição em Campos esta muito enfraquecida e de 2 deputados que é oposição em campos, somente 1 deve voltar para a alerj. Em compensação na pequena cidade de São João da Barra temos 3 pré-candidatos a deputado estadual e os 3 com grandes chances de ganhar as eleições de outubro, são eles: Carla PT, ex-prefeita do municipio sanjoanense, o vereador KAKA do PT DO B e Bruno do PR. Com grandes chances Carla precisa de aproximadamente 35 a 40 mil votos, KAKA precisa de aproximadamente de 12 a 15 mil votos e Bruno precisa de aproximadamente 35 mil votos para se eleger.Façam suas apostas.

  25. Caro Humberto Moreira Rangel, comentarista das 9h11 de hoje,

    Trocar São Fidélis por São Francisco de Itabapoana, como ponto final da linha intermunicipal que atende Santa Cruz, foi um erro meu, não de Wladimir. Agradeço pela oportunidade que me deu de consertá-lo na postagem.

    Abç e grato pela participação!

    Aluysio

  26. Boa tarde!

    caro leitores e jornalistas,

    Wladimir,voce e seu pai sempre pensan que voces sao os maiores,LEMBRE DISSO QUEM SORIR POR ULTIMO VAI SORIR MELHOR.

    CUIDADO COM O DEPUTADO RONALDO CAIADO.

    ATE BREVE!!

  27. Boa Noite
    Wladimir ao mesmo tempo que fala que para se eleger Deputado Estadual precisa ter voto em todo lugar, então é melhor esquecer a candidatura de Bruno, pq ninguém conhece ele. É + fácil reeleger João Peixoto e Roberto Henriques do que Geraldo Pudim e o resto do PR de Campos. Feijó só se elegeu pela votação do seu pai, pq se depender dele nem para gari ele se elege; pode ser que Clarissa, consiga ajuda-lo. Os dois foram eleitos pelas tabelas.
    Até a próxima.

  28. Eu acho que a oposição deveria chamar o Ronaldo Caiado para subir nos palanques aqui das terras Goitacá, este fala a verdade na lata.

Deixe uma resposta

Fechar Menu