Opiniões

UFC 172, logo mais, mede a distância entre Jon Jones e Glover Teixeira

Observados pelo big boss Dana White, Jon Jones e Glover Teixeira se encararam na pesagem de ontem para a luta de hoje
Observados pelo big boss Dana White, Jon Jones e Glover Teixeira se encararam na pesagem de ontem para a luta de hoje

 

Sei que prometi só voltar à lida blogueira depois de amanhã, na segunda, mas a peleja de logo mais entre o campeão mundial meio-pesado do Ultimate Fighthing Championship (UFC), o estadunidense Jon Jones, e o desafiante brasileiro Glover Teixeira, me fez antecipar este retorno parcial. Quem vencerá a luta principal do UFC 172, em Baltimore, cidade natal da diva do jazz Billie Holiday? Bem, para responder à pergunta, necessário tirar outra dúvida: Jones, como de hábito, imporá no jogo em pé sua privilegiada envergadura de 2,15m, a maior na história do UFC (incluída a categoria acima, dos pesos-pesados), ou Glover conseguirá encurtar a distância, o suficiente para que sua mão pesada possa alcançar o rosto do campeão?

Para os muitos arrebanhados na popularização recente das Artes-Marciais Mistas (MMA), através do UFC, uma dúvida razoável sobre a invencibilidade de Jones foi aberta pela surpreendente atuação do sueco Alexander Gustafsson, no UFC 165, em 21 de setembro de 2013. Naquela oportunidade, Jones teve que provar, além da técnica exuberante, ter coração de campeão para sair de uma situação desfavorável, achando uma cotovelada giratória (sua maior especialidade) para virar o quarto assalto que perdia, após ter sido inferior em dois dos três anteriores, e confirmar sua vitória, por apenas um ponto de diferença, no quinto e último round.

Todavia, além da intensa movimentação e do excelente trabalho na defesa de quedas, o boxe de primeira linha de Gustafsson, ex-campeão em seu país nesta especialidade, só conseguiu provocar tantos danos no rosto de Jones, por outro fator que reforça a dificuldade na distância que Glover deve enfrentar daqui a pouco: embora com menor envergadura, o sueco de 1,96m foi o primeiro lutador mais alto que o estadunidense de 1,94m enfrentou em sua carreira. Por sua vez, o mineiro de Sobrália, desafiante da noite de hoje ao cinturão de Jones, mede “apenas” 1,88m.

Dez centímetros mais baixo que Glover, quem predisse que este seria campeão meio-pesado do UFC foi um dos maiores na história dos pesos-pesados do boxe: Mike Tyson. Presente nas primeiras fileiras do UFC 160, em 25 de maio de 2013, no qual o brasileiro finalizou por estrangulamento, com uma guilhotina, o striker neozelandês James Te-Huna, Tyson chegou a subir no octógono para cumprimentar Glover por aquela vitória no primeiro round. E ninguém melhor do que “Iron” Mike, “baixinho” de 1,78m que se notabilizou por nocautear impiedosamente lutadores de mais de 1,90m, para conhecer todos os atalhos capazes de encurtar a socos a distância entre dois homens.

De qualquer maneira, Tyson nunca teve que se preocupar no boxe, como o desafiante de hoje terá, em tentar se aproximar e acabar derrubado por uma catada de pernas ou deslocamento de quadril da luta olímpica, de onde Jones veio para se tornar um dos que melhor executa a transição do jogo de quedas ao MMA. Ademais, como a lembrança às dificuldades encontradas (e superadas) pelo campeão contra Gustafsson, necessário também não esquecer que o último combate de Glover, depois da luta com Te-Huna, foi contra o wrestler estadunidense Ryan Bader, no UFC Fight Night de 4 de setembro de 2013. E, embora tenha nocauteado seu oponente ainda no primeiro assalto, o brasileiro só o fez numa reação na base da raça, após chegar a dobrar as pernas pelos socos também recebidos momentos antes. Em outras palavras: deu Glover, como quase deu Bader.

E foi o mesmo Bader que Jones não teve dificuldades para, no linguajar do esporte, “passar por cima”, finalizando-o com uma guilhotina no segundo assalto, no UFC 126, em 8 de fevereiro de 2011, antes mesmo de conquistar o cinturão da categoria que hoje tentará defender pela sétima vez, diante do brasileiro invicto há 20 lutas.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu