Itaquerão: Quem não ganhou vaga no campo, dá o ar da graça na arquibancada

Ibrahimovic ontem no Itaquerão (Foto: reprodução Instagram)
Ibrahimovic ontem no Itaquerão (Foto: reprodução Instagram)

 

Após sua Suécia perder a vaga para seleção portuguesa de Cristiano Ronaldo, nas eliminatórias europeias, o craque Zlatan Ibrahimovic, bem ao seu estilo marrento, disse que a Copa no Brasil, sem ele, não teria graça. Bem, se esse era o problema, desde ontem, no Itaquerão, a graça sueca abençoou a Copa. Se em campo brilharam os atacantes uruguaio Luisito Suárez e inglês Wayne Rooney, autores dos 2 a 1 que selaram a vitória épica da Celeste, Ibra deixou a marra de lado para assistir a tudo das arquibancadas. Conhecido pela plasticidade dos seus gols e considerado um dos melhores centroavantes do mundo, o sueco é companheiro de clube, no Paris Saint-Germain, de outro grande atacante uruguaio, Edinson Cavani, autor do cruzamento preciso no qual Suárez meteu a cabeça para deslocar o goleiro Joe Hart e abrir o placar.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. sandra santos

    Futebol é uma “cachaça”,um vicio.

Deixe um comentário