Opiniões

Em nota oficial, Pezão classifica declarações de delator como “absurdas”

A secretaria de Comunicação do Estado do Rio acabou de enviar por e-mail a nota de resposta do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), sobre as declarações do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras e delator do Petrolão. Aqui, de maneira genérica, ele já tinha falado sobre a possibilidade do seu envolvimento no caso. Confira abaixo a nova gerada pela divulgação aqui de mais detalhes da delação de Costa, que envolvem o ex-governador fluminense e seu antecessor, Sérgio Cabral (PMDB):

Governo do Estado do Rio

Governo do Estado do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro, 09 de março de 2015

 Núcleo de Imprensa

 Pezão classifica como absurdas as declarações de Paulo Roberto Costa

 

O governador Luiz Fernando Pezão nega ter se reunido com o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa para solicitar recursos para campanha, conforme notícias veiculadas pela imprensa, nesta segunda-feira (9/3). Pezão classificou como absurdas as declarações do ex-executivo da Petrobras.

— Isso é um completo absurdo. Não tive nenhuma conversa com o senhor Paulo Roberto Costa, e nem com ninguém da Petrobras para pedir ajuda de campanha. Não pedi e não recebi nenhum recurso dele. Estou muito tranquilo desde o primeiro momento — reiterou o governador.

Pezão voltou a afirmar que está à disposição da Justiça e do Ministério Público, caso seja necessário.

— Nada chegou oficialmente para mim. Venho enfrentando as especulações sobre a citação do meu nome me colocando à disposição do STF, STJ e MP. Para mim, é uma surpresa muito grande ter meu nome mencionado. Tenho profundo respeito pela Justiça e torço para que essa investigação fortaleça a nossa democracia — declarou Pezão.​

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu