Opiniões

Crítica de cinema — Valores bem animados

Colyseu

 

cada um na sua casa

 

Mateusinho 4Cada uma na sua casa — Na medida em que pensamos cinema de animação ou no consumo desse formato, é comum imaginar que este é um dos poucos momentos que a família — todos em qualquer idade – possa aproveitar instantes de lazer e, às vezes, cultura com censura livre e sem preocupação.

De vez em quando vemos desenho animado que desenvolve tramas com valores que acompanharão a garotada por toda vida. Se vierem através de personagens aventureiros, engraçadinhos e de outro planeta, mais efeitos 3D e música pop, aí é maravilhoso.

A novidade da Dream Works Animation (responsável por alguns dos maiores e mais brilhantes lançamentos do cinema de animação contemporâneo, entre eles “O Príncipe do “Egito”, “Madagascar”, “Shrek”, “A Fuga das Galinhas” e, mais recentemente, “Como Treinar Seu Dragão”) para trazer de volta os bons números das películas citadas acima é a animação (3D) “Cada Um Na Sua Casa” (Home- titulo original), distribuída pela 20th Century Fox.

Mesmo com a indústria de animação passando por dificuldades nos últimos anos, como o adiamento de algumas das suas películas (incluindo a em questão) e o fechamento de algumas de suas filiais/escritórios, a produção ( Chris Jenkins e Suzanne Buirgy)  contou com um orçamento de US$132.000.000. Com argumento baseado no livro infantil “Tre True Meaning of Smekday”, de Adam Rex, o filme tem direção de Tim Johson (“FormiguinhaZ” 1998,  “Sinbad – A Lenda dos Sete Mares” 2002, “Os Sem Floresta” 2006, “Kung Fu Panda” 2010 e “Como Treinar Seu Dragão” 2010). Na dublagem original, o famoso Jim Parsons (o magrelo nerd, Sheldon de The Big Bang Theory) e a cantora pop barbadiana Rihanna emprestam suas vozes aos personagens principais, Óh e Tipoline, a Tip. Ainda compõe o elenco de dubladores a cantora/atriz hispânica  Jennifer Lopez (Lucy Tucci, mãe da jovem Tip) e o comediante Steve Martin (com a voz do Capitão Smek, o líder da raça alienígena Boov).

No filme, de 94 min, a Terra é invadida por alguns alienígenas (os Boov’s seres estranhamente fofos que mudam de cor de acordo com os sentimentos) que procuram refúgio dos seus temidos inimigos e, para isso, realocam toda a humanidade em um único lugar (mais especificamente a Austrália) e tomam conta do resto do planeta. O protagonista é Óh (Jim Parsons), um jovem atrapalhado e excluído (bullying) que, na empolgação de chegar a um novo lugar que passa sentir “seu”, acaba enviando um sinal aos inimigos de sua espécie por acidente. Com seu vacilo, o estabanado personagem vira  alvo das autoridades alienígenas, comandadas pelo Capitão Smek (Steve Martin), e se une a Tip (Rihanna), uma garota  que conseguiu  escapar,  juntamente com Porquinho, seu gato, das garras dos invasores e está decidida a procurar Lucy Tucci (J-Lo), sua mãe, que foi raptada pelos Boovs. É aí que a trama passa a girar em torno do relacionamento construído entre os personagens e é justamente essa a “cereja do bolo”. Óh e Tip vão criando laços gradativos de amizade e companheirismo durante a busca, realizada em um carro voador movido à refrescos coloridos,  mostrando que as diferenças, indiferentes de quais sejam, podem ser superadas quando há um sentimento verdadeiro entre dois indivíduos, arrancando do público risadas e, em algumas cenas mais emotivas, lágrimas.

Menos pela edição dos efeitos 3D e pelo roteiro singelo, há que se destacar a trilha sonora com Rihanna e Jennifer Lopes interpretando músicas como “Only Girl”, “As Real As You And Me”, “Dancing In The Dark”, “Feel The Light”, principalmente nas cenas finais de dança e as de maior carga emocional. Outra cena que merece atenção é a que se passa em uma Paris totalmente tomada pelos Boovs em que a Torre Eiffel vira de cabeça para baixo.

“Cada Um Na Sua Casa” é bacana também por sua mensagem contra o preconceito, sobre amizade e superação passadas pelos seus cativantes e fofos personagens de forma alegre, colorida e emocionante sem ser chato ou piegas. As crianças saem da sala de exibição encantadas, com os olhos brilhando.

Adultos também.

 

Mateusinho viu

 

Publicado hoje na Folha Dois

 

Confira o trailer do filme:

 

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu