Opiniões

Alemão confirma saída do DEM e vai definir novo partido pelo apoio a prefeito

Alemão, em foto tirada hoje e postada em seu mural de Facebook, à direita do do ex-sócio, primo e amigo Wladimir Garotinho (PR)
Alemão, em foto tirada hoje e postada em seu mural de Facebook, à direita do do ex-sócio, primo e amigo Wladimir Garotinho (PR)

 

 

Presidente do diretório municipal do DEM, o empresário e pré-candidato a vereador Hélio Montezano, o “Alemão”, está fora do partido. E garante que levará junto a nominata que já vinha montando com o auxílio do pai, o ex-presidente da Câmara de Campos Nelson Nahim (PMDB). O motivo, antecipado aqui, é a entrada do vereador Nildo Cardoso no DEM (aqui e aqui), onde agora vai tentar ser candidato à sucessão da prefeita Rosinha Garotinho (PR).

Quanto a Alemão, seu novo destino pode também definir seu apoio e do pai na disputa pela Prefeitura de Campos. Se for para o PPS, o apoio será ao vereador Rafael Diniz. Se for o PMDB de Nahim, o deputado estadual Pudim será o apoiado. O PSDC de outro pré-candidato a prefeito, deputado estadual João Peixoto, e o PSD deixado por Nildo e oferecido (aqui e aqui) ao deputado federal Paulo Feijó (PR), correm por fora.

Abaixo, o que disse Alemão:

 

“Fui convidado a permanecer no DEM, contudo teria que aceitar a pré-candidatura do vereador Nildo Cardoso a prefeito. Nada pessoal contra o vereador Nildo, mas temos ideias bem diferentes e tão pouco pretendo fazer política igual a dele. O fato de ser apenas um estreante na política, concordo plenamente com ele, pois estou mesmo iniciando minha vida pública, e essa é mais uma razão para a saída do partido, pois pretendo fazer as escolhas certas e apoiar quem acredito. Da mesma forma desejo ao vereador boa sorte e, em breve, eu e os outros pré candidatos a vereador do nosso grupo anunciaremos a nova legenda onde disputaremos as eleições”.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. A justiça já deu a sentença no processo das meninas de Guarus?

    A população quer saber!!!

  2. Sinceramente, política virou negócio bom para quem quer muito dinheiro (as custas alheia), fama e vida boa. Não dá para olhar para esses filhinhos de Papai e pensar em outra coisa!
    E o real objetivo que seria cuidar do povo Campista, nada disso lhes interessa!
    Por fim, política só ê bom para quem é eleito, o povo fica só na esperança!

  3. O caso “Meninas de Guarus” precisa de sentença já.

    Impunidade não. Campos não merece essas coisas.

  4. Foi sábio Alemão, por ter deixado o DEM, pois, o golpe que sofreu agora, sofreria mais lá na frente e não teria chance de ser candidato a vereador. É o que acontecerá com Nildo, se não tomar certas providências. É só uma questão de tempo, a cúpula regional do DEM irá rifá-lo. Provavelmente, a legenda irá para as mãos de alguém ligado a Feijó, que puxará o “tapete” de Nildo, pela terceira vez, impunemente.
    A propósito, não é sem razão que os partidos políticos no Brasil são vistos pela população como “siglas de aluguel”. Quando eles não cobram pelas vagas de candidato, principalmente, de prefeito, deputado estadual e federal – e eu vi isso acontecer no PTC e no PSL – eles alugam a sigla para qualquer um que queira impedir a candidatura de seu adversário. O pagamento tanto pode ser em dinheiro quanto em cargos.
    A quase totalidade dos partidos políticos brasileiros tem “dono”, especialmente os Diretórios Nacionais, que nomeiam comissões provisórias para os Diretórios Regionais, que procedem igualmente em relação aos Diretórios Municipais.
    Via de regra, os dirigentes nacionais e regionais são ruins de voto, isto é, não conseguem se eleger a nada. Então, valem-se do controle partidário para negociar cargos nos governos que apoiam. Portanto, quase sempre, quando um partido político apoia um governo é porque seus dirigentes estão levando alguma vantagem em troca.

  5. Quero saber da sentença do caso das meninas de guarus!
    Na época da eleição vou tirar 50 mil xerox e espalhar a sentença nas ruas!!
    Aí quero ver (trecho excluído pela população) se criar!

  6. não voto nesse rapaz, porém não é legal falar do pai ou família…
    o cara tem identidade própria…quem deve decidir é a justiça!!!
    embora seja um empresário com dinheiro e bem sucedido em campos, isso não será suficiente para ganhar as eleições de vereador que muito difícil, mesmo rosinha estando em baixa, acredito que a máquina irá fazer o maior número de cadeiras!!! uma pena!!! porém realidade, abraços

    1. Caro Silva,

      Independente do voto, concordo com vc. Considero baixas e completamente desarrazoadas as ilações feitas pelos leitores Roberto, Almeida e Roberto Mendes.

      Abç e grato pela chance da concordância!

      Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu