Professor da Uenf vê fisiologismo político em Campos e reação ativa dos católicos

Professor da Uenf, o cientista politico Hugo Borsani é uruguaio, mas tem uma visão bem diferente da Campos enxergada pelo vereador e bispo da Universal Vieira Reis (PRB), no que se refere ao fisiologismo político local indentificado pelo novo bispo católico da cidade, Dom Roberto Ferrería Paz:

— O que o bispo católico diz me parece bastante compatível, com processos na Justiça por compra e voto de um lado e do outro, indicando que esse fisiologismo existe. E isso é perceptível em quase todos os setores da opinião pública da cidade — diagnosticou o professor.

Por outro lado,  pelo que Dom Roberto disse na entrevista, ainda não está claro de que forma a Igreja Católica vai atuar contra essa prática:

— Pelo que ele disse na matéria, ainda não dá para saber a dimensão da interferência católica no processo eleitoral, se eles vão indicar propostas e nomes mais ou menos compatíveis com determinados princípios éticos. Mas uma coisa parece clara: a Igreja não vai ser mais mera especatadora. Esta me parece ser a mensagem. Os candidatos e as propostas ainda não estão definidos, mas parece definida a posição da Igreja Católica em Campos: “Não vamos mais ser passivos”. O que resta definir é em que grau será essa participação — ponderou Borsani.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 11 comentários

  1. Antonio Nego

    Vai começar a correria na direção das barras da batina do Bispo.

    Você político, venal, enganador, dissimulado, já andou no Purgatório estes três anos, bajulando o capetinha e obedecendo suas ordens, e executando suas malvadezas,mesmo embromando nas constantes frequências as missas dominicais, prestando serviços à comunidade com intuito e intenção eleitoral, não tem jeito:

    Vai pro inferno.

    Queimem infiéis, compradores dos votos e sonhos dos pobrezinhos.

  2. Ruy

    Eu vou votar nas proximas eleições eleitorais de uma forma totalmente diferente das outras. A idéia de anular o meu voto sempre me repugnou, pois vivi a epoca que nao podia votar (a nossa “memoravel” e detestavel ditadura). Contudo essas duas correntes politicas de Campos estao me dando tanto nojo, que farei a opção por qualquer outro candidato alternativo, por mais implausivel ou inviavel que seja. Eu estou cheio do litle boy e sua (…) (milicos entre eles), e tambem cheio do seu grupo que se opoe a ele.Que somente querem se apoderar do dinheiro da prefeitura. Sem a menor vontade de planejar para o futuro. Chega dessa gente espuria. Campos precisa de tantas coisas.Temos que pensar no futuro. Esta cidade está numa situação tao complicada, que até o PT seria uma terceira via razoavel. Apesar de todos os pesares.

  3. Ruy

    Eu vou votar nas proximas eleições eleitorais de uma forma totalmente diferente das outras. A idéia de anular o meu voto sempre me repugnou, pois vivi a epoca que nao podia votar (a nossa “memoravel” e detestavel ditadura). Contudo essas duas correntes politicas de Campos estao me dando tanto nojo, que farei a opção por qualquer outro candidato alternativo, por mais implausivel ou inviavel que seja. Eu estou cheio do litle boy e sua (…) (milicos entre eles), e tambem cheio do seu grupo que se opoe a ele.Que somente querem se apoderar do dinheiro da prefeitura. Sem a menor vontade de planejar para o futuro. Chega dessa gente espuria. Campos precisa de tantas coisas.Temos que pensar no futuro. Esta cidade está numa situação tao complicada, que até o PT seria uma terceira via razoavel. Apesar de todos os pesares.

  4. AFONSO

    EU QUE PENSAVA EM PENDURAR AS CHUTEIRAS, DANDO UM FIM NO MEU CALENDÁRIO POLÍTICO, NÃO MAIS COMPARECENDO AS URNAS, ATÉ PORQUE NÃO SOU MAIS OBRIGADO A VOTAR, SINTO-ME REANIMADO COM ATITUDE TOMADA PELO DOM ROBERTO, ATÉ ENTÃO OS CATÓLICOS NÃO TINHAM LIBERDADE DE EXPRESSAR SEUS CANDIDATOS NO INTERIOR DAS IGREJAS, OUVIA-SE FALAR SIGILOSAMENTE EM RENATO BARBOSA E SERGIO DINIZ, SENDO QUE ESSE ÚLTIMO PERDEU UMA ELEIÇÃO POR UM VOTO, TUDO POR FALTA DE COMUNICAÇÃO, MAS AGORA COM ESSA ABERTURAO PROPRIO PADRE NELSON DO CONVENTO PODERÁ ALCANSAR O MAIS ALTO GRAU POLÍTICO DO NOSSO MUNICIPIO, VAMOS AGUARDAR

  5. Paulo Sá

    O novo bispo de Campos é Dom Roberto Ferreira Paz.
    Eu fico pensando: Se ele que é Paz declarou guerra aos políticos fisiológicos de nossa cidade, que são quase todos os que detêm mandato e a maioria dos que sonham em conquistar um, porque nós, cidadãos inconformados com essa pouca vergonha que rola em nosso município há cerca de duas décadas e meia, mais precisamente, depois que Garotinho se elegeu deputado estadual, vamos falar em “paz”.
    Vamos todos declarar guerra a essas facções políticas que vêm se revesando em nossa prefeitura, sob o comando de Garotinho, que governa a cidade no lugar da prefeita Rosinha.
    Em 2012 será: Campos ou Garotinho. E nós vamos escolher Campos.
    Chega de atraso cultural, de pobreza material e espiritual, de gentinha mandando em nossa cidade, ou seja, de pessoas que se notabilizaram auto denominando-se no diminutivo.
    Precisamos confiar os destinos de nossa terra a pessoas de alma grande e coração generoso, que não fazem da mentira instrumento de consecução e de manutenção de poder.
    Vamos com Dom Roberto, para a guerra santa de 2012!

  6. marcelo advogado

    Todos juntos contra a família do mal,Campos não pode continuar assim.

  7. adwalto

    Parabéns AFONSO, dizia uma frase estampada no muro do presídio de Campos, próximo a ponte General Dutra, que diza “OS HOMENS DE BEM, DEVEM TER A AUDÁCIA DOS CANALHAS”, quando o homem de bém se omite o canalha toma a frente do processo, “A mudança começa aqui na minha e na sua cidade”.

  8. Érica Viana

    É bem verdade, que as matérias aqui publicadas leva muitos a crerem que a Igreja está reassumindo seu papel frente as necessidades sociais.

    Porém, a Igreja sempre esteve aqui, a conduzir seu rebanho. E deve conduzi-lo em todos os sentidos, inclusive no político, já que a política faz parte da vida das suas ovelhas.

    Se hoje temos hospitais, escolas públicas e universidades,
    bem como muitas outras instituições, é graças a Igreja que no passado criou e na época administrava estes empreendimentos.

    Sinto que a Igreja não apontará nomes, mas sim, estará a servir como luzeiro para que seu povo perceba detalhes que muitas vezes ficam ofuscados em meio a tanto marketing eleitoral. Também percebo que, ao candidato que vencer, a Igreja estará firmemente a cobrar o que necessário for.

    Vejo, positivamente, o fato de muitos se sentirem reanimados com o processo eleitoral.

  9. Érica Viana

    Vejo, positivamente, o fato de muitos se sentirem reanimados com o processo eleitoral.
    E isso aí, temos que votar no que acreditamos ser de fato o melhor, e quem melhor que Deus para querer o melhor para seu povo. Por isso é bom votarmos em pessoas que seguem e as diretrizes do verdadeiro cristianismo.
    Mas a escolha de candidatos deve ser pautada mais nos valores e programas e atitudes do candidato do que propriamente na religião que ele diz praticar.
    Ainda mais, agora, que muitos virão dizendo que são católicos.
    De qualquer forma fiquemos atentos às homilias e ao chamado dos pastor Dom Roberto, que não quer guerra, apenas promover uma Campos melhor.

  10. Aluysio

    Caros Paulo Sá e Érica,

    Que me lembre, nunca antes me posicionei sobre as diferenças geradas entre os comentaristas, mas em relação à jihad proposta ao final do comentário do primeiro, me vejo obrigado a endossar a interpretação dada pela segunda, acerca do que de fato propôs o bispo Dom Roberto Ferrería Paz.

    Abraços e grato pelas colaborações!

    Aluysio

  11. sinara santos

    Gostaria de comentar uma reflexao que ouvi a alguns dias atras. ‘ Uma faca nas mãos de uma cozinheira produz deliciosas comidas,porém essa mesma faca nas mãos de um assasino pode terminar em uma catástrofe,assim é o poder nas mãos de pessoas erradas.
    Está nas nossas mãos a quem vamos dar a faca,atraves do nosso voto.Faço parte da Rcc e gostaria de lembrar que lá existe uma secretaria onde trabalha com fé e politica ,onde á orientações sobre politica. Um abraço a todos,Que Deus abençoe nosso bispo Dom Roberto Francisco.

Deixe um comentário para Antonio Nego Cancelar resposta