Opiniões

IPTU de Campos entre as coincidências e a mentira

“O Darcy Ribeiro sempre dizia que o homem é o único ser vivo que cora. E você percebe que Garotinho não cora. Ele fica sempre com a mesma cara macilenta. Ele não se altera, porque ele é frio nesses objetivos, e é por isso que ele mente, tem tão pouco amor pela verdade”. Dada numa entrevista exclusiva à Folha, publicada em 3 de dezembro de 2000, a definição do saudoso ex-governador Leonel Brizola não envelheceu nestes últimos 13 anos. E nada indica, no tempo de vida do deputado federal Anthony Matheus, o Garotinho (PR), que venha a se tornar velha algum dia.

Embora virulenta e desproporcional, a reação adotada em seu blog, desde segunda, por Anthony Matheus, o Garotinho, contra o diretor da Folha Christiano Abreu Barbosa, depois que este denunciou em seu blog, na última sexta, a cobrança do IPTU de Campos com dois valores para um mesmo imóvel, não chega a ser surpresa. Todavia, mesmo para quem se tornou nacionalmente conhecido pela irresponsabilidade das declarações, espanta a pretensão de usar como argumento uma mentira tão deslavada quanto uma suposta falsificação de documentos, da qual Christiano foi acusado levianamente.

Na incapacidade de aprender com seus erros ou de medir os outros por régua que não seja a própria, Anthony Matheus, o Garotinho, não só se negou a dizer a verdade e se retratar, como na insolúvel tarefa de provar o que não houve, usou seu blog para montar ontem um didático manual de como poderia ter sido feita a falsificação que, pelo menos se espera, nunca tenha ultrapassado os limites virtuais de quem de fato governa o município de Campos.

Apelidado de “Coronel Bolinha” nos seus tempos de secretário de Segurança, no governo estadual de Rosinha, atuação cujo maior destaque ficou por conta da sua condenação posterior pela Justiça Federal como chefe de quadrilha armada, uma das “provas” apresentadas em seu blog, pelo “especialista” em falsificações, foi uma aludida diferença na margem do boleto do IPTU gerado via net, que qualquer garotinho de verdade sabe ser variável de acordo com a impressora usada para gerar a cópia.

Ao largo dos argumentos retóricos pré-jardim de infância, o fato é que no mundo de quem já viveu o suficiente para se tornar homem, e agir como tal, a guia do IPTU gerada pela net, com valor superior ao carnê recebido depois pelo proprietário do imóvel, foi paga ontem. Ou seja, já se encontra depositada na conta bilionária do governo Rosinha. Ainda que, logicamente, a restituição da diferença vá ser exigida na Justiça, a mesma na qual será acionado por suas mentiras, cível e criminalmente, um réu já contumaz, ainda que indiferente: Anthony Matheus, o Garotinho.

A guia em questão foi gerada a partir do link que estava no Portal da Prefeitura até o último dia 17, quando foi simplesmente retirado do ar, sem nenhuma satisfação ao contribuinte. Coincidência ou não, foi no dia seguinte ao médico e ex-candidato a prefeito de Campos Erik Schunk (Psol) denunciar em seu blog que, a partir do link, qualquer um poderia saber o nome de qualquer proprietário de imóvel de Campos, bem como quanto cada um deles pagaria de IPTU, naquilo que acusou ser quebra de sigilo fiscal.

Coincidência ou não, até o fechamento desta coluna, o link ainda não havia voltado ao ar. Coincidência ou não, foi através dele que o valor maior do IPTU veio cobrado ao proprietário do imóvel, gerando toda a polêmica, no que parece ter sido um simples erro de sistema. Até porque se deve evitar repetir Anthony Matheus, o Garotinho, pela simples oposição, não se pode cometer a leviandade de afirmar ter se tratado de uma falsificação da secretaria municipal de Finanças.

Se o filósofo alemão Friederich Nietzsche ressalvou que “coincidências não há”, um seu compatriota, o ministro da propaganda nazista Joseph Goebbels, cunhou uma máxima que qualquer um que já tenha convivido com Anthony Matheus, o Garotinho, teve a chance de ouvir repetida da sua boca, ao menos uma vez, com aquela mesma “cara macilenta” descrita por Brizola: “Uma mentira, repetida mil vezes, torna-se verdade”. Entre a coincidência e a mentira, o que se espera, e se exige, é que nenhum outro contribuinte seja conduzido pela Prefeitura de Campos a pagar o IPTU do seu vizinho.


Publicado hoje, na coluna Ponto Final, na edição impressa da Folha.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 7 comentários

  1. A FOLHA DA MANHÃ ESTÁ CERTÍSSIMA EM EXIGIR A VERDADE DOS GOVERNANTES.IMAGINEM SE A FOLHA TIVESSE ESTA ATITUDE NO GOVERNOS DE ARNALDO E MOCAIBER ! COM CERTEZA CAMPOS ESTARIA BEM MELHOR.MAS INFELIZMENTE SE CALARAM.E A CORRUPÇÃO NESTA ÉPOCA FOI EXTRATOSFÉRICA,MILHARES DE VEZES QUE NO DE ROSINHA. A fOLHA DA mANHÃ PODERIA TER ESTA ATITUDE AUSTERA EM RELAÇÃO AO GOVERNO ESTADUAL E FEDERAL,COLOCANDO AQUILO QUE ESTÁ ERRADO PARA A POPULAÇÃO SE POSICIONAR E FAZER SEU JULGAMENTO.COMO ISTO SERIA BOM PARA OS CAMPISTAS.É IMPOSSÍVEL QUE NOS GOVERNO ESTADUAL E FEDERAL NÃO TENHA NADA DE ERRADO !

  2. Não lei texto em caixa alta. Odeio gritos.

  3. Caro Junior,

    A Folha da Manhã nunca deixou de noticiar as falhas, pelo menos aquelas evidenciadas com fatos, do governo Arnaldo ou de Mocaiber. No apagar das luzes do primeiro, em 2004, por exemplo, a apreensão de documentos nos altos da rodoviária Roberto Silveira, que depois geraria a cassação de Carlos Alberto Campista, foi devidamente noticiada na capa do jornal. Já quanto a Mocaiber, a Telhado de Vidro mereceu inúmeras manchetes do mesmo jornal, inclusive aquelas que davam conta da antecipação da operação por Anthony Matheus, o Garotinho, mesmo que depois todos os presos tenham sido inocentados. Qto ao governo Cabral, com o devido anúncio de todas as greves promovidas em sua gestão pelos professores estaduais do Sepe, e as precárias condições, muitas vezes assassinas, das rodovias federais que cortam a região, sob responsabilidade do governo Dilma, entre muitos outras reportagens críticas (quando têm que ser) às duas esferas, valem para atestar a isenção do jornal parcial em sua visão.

    Grato pela colaboração e abç!

    Aluysio

  4. Caro Gildo,

    Costuma ser mesmo assim: quem não quem o que dizer, grita na esperança de ser ouvido.

    Abç e grato pela colaboração!

    Aluysio

  5. JUNIOR

    Aprendeu com seu ídolo que a melhor defesa é o ataque? Use argumentos modernos, esclareça o acontecido com o IPTU, informe-se.

  6. Regina, como disse acima ,eu estou super interessado na verdade deste caso do iptu.quem estiver errado com certeza tem que pagar.só a verdade é que vale.e outra coisa ,não conheço o garotinho pessoalmente,nunca conversei com ele,não recebo nada dele e nem da prefeitura e ele não é o meu ídolo. agora muitas mazelas que acontecem no governo estadual,não são nem de perto comentadas de forma ferrenha como é no governo de Rosinha.a impressão que é passada para quem lê a folha é de que tá tudo errado no governo Rosinha e as reportagens na época de Mocaiber e Arnaldo,dava passava a impressão de que era tudo certo.com certeza ,falo de forma imparcial.obrigado pela atenção.

  7. Se fosse falso,o Banco o receberia?
    Contra fatos não há argumentos.

Deixe uma resposta para JUNIOR Cancelar resposta

Fechar Menu