Ocupa TB: Mauro convida artistas para conversar com Garotinho na Prefeitura

(Foto de Wellington Cordeiro - reprodução Facebook)
(Foto de Wellington Cordeiro – reprodução Facebook)

 

Após ter se lançado à política em 1982, quando ocupou o Teatro de Bolso como vice-presidente da Associação Regional de Teatro Amador (Arta), o hoje secretário de Governo Anthony Garotinho (PR) quer pôr fim à ocupação do mesmo Teatro de Bolso pelos artistas de Campos, chamando estes para conversar em seu gabinete, ainda na noite de hoje, na Prefeitura de Campos.

Essa foi a proposta feita agora há pouco pelo vereador Mauro Silva (PSDB), líder do governo Rosinha Garotinho na Câmara e pré-candidato a prefeito de Campos. Acompanhado do comandante da Guarda Municipal, Marcos Soares, ele acabou de se reunir com os artistas que desde o último dia 9 ocupam o Teatro de Bolso Procópio Ferreira.

Como nem todos os artistas que participam da ocupação estavam presentes, uma assembléia extraordinária do movimento foi marcada para as 20h30, na qual a proposta de sair do Teatro de Bolso (TB) para conversar na Prefeitura com o secretário de Governo será decidida.

Se o Garotinho de 1982 pudesse votar, como responderia ao convite do Garotinho de 2016?

 

Com informações da repórter Paula Vigneron

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. SÉRGIO PROVISANO

    Eu penso que isso deve ser uma brincadeira. Seria mais simples o prefeito de fato se deslocar do que o coletivo inteiro se deslocar, Li, através do blog do Alexandre Bastos, mais cedo que a vereadora Auxiliadora Freitas teria se proposto a negociar uma solução para encerrar a ocupação e agora aqui no Opiniões, vejo que o vereador Mauro Silva também se propõe a intermediar o conflito. Como estamos num período de pré-campanha eleitoral e tanto o Mauro Silva, quanto a Professora Auxiliadora Freitas, são, em tese pré-candidatos ao executivo na sucessão do prefeito, não vejo outra coisa nessas duas manifestações dos dois edis, como uma tentativa de ocupar a mídia, apenas isso, ser notícia, pois de efetivo nada podem fazer. Simples assim.

Deixe um comentário