Opiniões

Artigo do domingo — Opiniões sobre o governo Rafael no “Opiniões”

 

 

 

Há mais de um ano, o blog “Opiniões”, hospedado na Folha Online, abriu espaço às colaborações fixas. Foi em março de 2016 que o escritor capixaba Fabio Bottrel puxou a fila, quando passou a escrever aos sábados. Hoje, o blog conta com 14 colaboradores se alternando de segunda a sábado. A maior parte dos dias da semana é ocupada por uma dupla em revezamento quinzenal, à exceção das sextas, quando quatro escrevem em periodicidade mensal.

O último a chegar foi o advogado e publicitário argentino Gustavo Alejandro Oviedo. Após ter colaborado com a Folha como crítico de cinema, na Folha Dois, e depois articulista da página de opinião do jornal, ele passou a escrever quinzenalmente no “Opiniões”, às quartas-feiras. Além da sua participação, ele chegou com uma ideia: que todos passassem a escrever, eventualmente, sobre um mesmo tema.

Colocada aos demais, a proposta teve aprovação geral. Na opinião de todos, preservadas as diferenças de estilo e pensamento de cada um, a abordagem coletiva do mesmo tema confere sinergia aos esforços individuais. Como a maioria escreve quinzenalmente, ficou acordado que o mesmo assunto será analisado pelos colaboradores do blog numa rodada contínua de duas semanas. Ao seu término, se seguirá uma semana com tema livre, antes de uma nova quinzena em torno de outro tema fixo, e assim sucessivamente.

Assim, amanhã (03), no “Opiniões”, caberá ao jornalista e poeta Fernando Leite abrir a primeira rodada com tema coletivo. Na sequência dos dias, escreverão sobre o mesmo assunto a professora e escritora Carol Poesia (04), o pai da ideia Gustavo Oviedo (05), o jornalista e escritor Guilherme Carvalhal (06), o advogado e professor Carlos Alexandre de Azevedo Campos (07), o batedor da vanguarda Fabio Bottrel (08), o tradutor Marcelo Amoy (10), o jornalista e poeta Ocinei Trindade (11), o jornalista e servidor federal Ricardo André Vasconcelos (12), a antropóloga e poeta Manuela Cordeiro (13), o professor e comunicador visual Sérgio Provisano (14), e a cientista social Vanessa Henriques (15).

No meio e no fim da rodada, aos domingos dos dias 09 e 16 deste mês, o administrador do blog terá a oportunidade para dialogar, aqui, neste espaço físico de jornal impresso, com o que tiver sido pontuado nos dias anteriores, sobre um mesmo assunto, por cada colaborador virtual. Não por acaso, o primeiro tema coletivo às análises será o governo Rafael Diniz (PPS), eleito sob muita expectativa e que completará o emblemático período de 100 dias justamente no meio da rodada, no próximo dia 10.

Posteriormente, os assuntos abordados nas rodadas temáticas seguintes serão definidos junto a você, leitor, nos comentários no blog e na democracia irrefreável das redes sociais. Afinal, para um blog chamado “Opiniões”, dentro da multiplicidade de opiniões esperada, a sua será sempre a que mais interessa.

 

Publicado hoje (02) na Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 2 comentários

  1. Atá agora não vemos nada de concreto neste 100 dias de governo, a cidade continua abandonada com sempre foi, órgãos públicos que não funcionam, guarda municipal que nada faz, ruas com buracos e mais buracos, saúde um caos.
    Oque se vê que funcionou foi a contratação de pessoas e muitas para não fazer nada ou seja apenas amigos e parentes de políticos eleitos e não eleitos.

  2. Sei que ainda é cedo para fazer-mos criticas ao funcionamento da máquina.Mas,gostaria de saber o porque ainda não fizeram funcionar os canis com o povo,como ouvidoria(passei um email e nada),Secretaria de Limpeza(4 telefones não funcionam)e o disk entulhos? Não estou fazendo criticas ao novo governo,mas isso que citei são meras considerações de algo de deveria estar funcionando em pleno vapor.

Deixe uma resposta

Fechar Menu