Opiniões

Ctrl+C/Ctrl+V do conselho de Filipe Estefan

Acabei de receber a ligação do amigo Filipe Estefan, presidente da OAB de Campos. Sobre a recente polêmica em que me vi envolvido, após responder à provocação do rei do Ctrl+C/Ctrl+V e dos chutes (para fora) na blogosfera local, ele aconselhou: “Aluysio, apesar de cumprir seu papel, desmascarando publicamente tantas práticas nocivas na função de comunicador, você pode acabar dando luz a quem nunca teve. Na eleição da OAB, também fui muito provocado, das maneiras mais baixas possíveis. No lugar de responder, trabalhei. O resultado final: fui reeleito com 70% dos votos”.

Diante da sabedoria das palavras, da irrefutabilidade do resultado e do respeito que tenho à instituição e à classe da qual Filipe é um digno representante, composta em sua imensa maioria de profissionais sérios e comprometidos com a defesa do estado democrático de direito, faço o Ctrl+C/Ctrl+V do conselho do presidente, sempre com o devido crédito, e dou por encerrada a questão.

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 4 comentários

  1. Aluysio, não lhe conheço e jamais o vi pessoalmente, mas a dignidade de um homem é vista e apreciada de acordo com o histórico de seu passado.Acompanho e leio o seu blog e acredite,você não sai perdendo nessa!Continue firme e incisivo e a vitória sempre estará com você.Quanto aos demais,o que falar para seus filhos quando se sabe que seu pai fora condenado por crimes? Nada como um dia após o outro…Sucesso para você.

  2. Caro Pedro (comentarista das 19h18 de 19/11/10),

    Embora concorde com vc em gênero, número e grau, nenhum dos blogs hospedados na Folha Online pode publicar ofensas pessoais ou palavras de baixo calão. Não por outro motivo, infelizmente, não podemos publicar seu comentário.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  3. Caro Ciro Cruz,

    A quais crimes vc se refere???

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

  4. Caro “Alex Silva” (comentarista das 21h06, IP: 189.127.65.22),

    A inexistência do seu e-mail ([email protected]) leva à conclusão lógica da falsificação na identidade usada para tentar existir nos debates gerados neste blog, que como todos aqueles hospedados na Folha Online, são vedados aos comentários anônimos. Se quiser repetir o seu, bem como fazer qualquer outro, sobre este ou qualquer outro post, solicitamos que o faça com nome e e-mail verdadeiros.
    Liberdade, pelo menos por aqui, tem que rimar com responsabilidade.

    Abraço e grato pela colaboração!

    Aluysio

Deixe uma resposta

Fechar Menu