Desnorteados como cegos no meio do panelaço

CLAUDIO HUMBERTO

 

 

Dilma quer caracterizar protestos com “golpismo”

O Brasil vive a mais grave crise econômica e institucional da História recente, e a sociedade reage como é adequado em democracia, manifestando-se contra o roubo de dinheiro público, estelionato eleitoral e incompetência gerencial. Mas Dilma apenas conseguiu imaginar (aqui) bobagens como “golpismo” ou pretendido “terceiro turno” das eleições ou atribuir o panelaço de domingo a “terceiro turno” eleitoral.

 

Lorota

O panelaço protestou contra a roubalheira e um governo ruim, mas Dilma recorre à velha lorota de “ameaça de ruptura democrática”.

 

Começou a onda

Dilma subiu nas tamancas ao perceber que o panelaço de domingo (aqui) garante o êxito dos protestos do domingo que vem (15).

 

Ele não merece

Após mais de um mês sem ser recebido por Dilma, o porta-voz Thomas Traumann agora precisa virar papagaio de pirata para ser visto por ela.

 

Mercapedante

Quem tem Aloizio Mercadante como chefe da Casa Civil não precisa de oposição. E o ministro reagiu ontem com a arrogância de sempre, sem contribuir para amenizar o clima ou se aproximar dos parlamentares.

 

Desnorteados

Dilma e Mercadante, aquele que nas palavras de Lula “sequestrou o governo”, ficaram “feito baratas tontas”, segundo um assessor palaciano, com o impactante panelaço no domingo.

 

Nova derrota

O PMDB faz das derrotas impostas a Dilma sua principal diversão no Congresso. A sigla já aposta que derrubará, nesta quarta (11), o veto à Medida Provisória que corrige em 6,5% a tabela do imposto de renda.

 

Publicado aqui, no diariodopoder.com

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe um comentário