No jogo jogado, PT vai para Caio, que define suas nominatas de apoio

jogo jogado

 

 

Antecipada desde ontem (aqui) pelo militante petista André Cruz, o PT de Campos vai mesmo formalizar o apoio à candidatura de Caio Vianna (PDT) a prefeito, na sua convenção de logo mais, às 19h.

Na eleição proporcional, como o jornalista Alexandre Bastos adiantou aqui, os petistas se coligarão o PMN da ex-petista Alessandra Faez e o PEN, legenda que Caio tirou (aqui) do controle do seu pai, o ex-prefeito Arnaldo Vianna.

Entre os demais partidos que apoiam Caio, se tinha a promessa anterior da coligação com o PMN, o vereador Genário terá que fazer a aliança proporcional do seu PSC com o PDT do cabeça da chapa majoritária.

Já o PSB do vereador Gil Vianna, vice de Caio, e o PSDC do deputado estadual João Peixoto concorrerão sozinhos ao Legislativo.

O PSB tem em Igor Pereira, ex-diretor da Campos Luz, e no Apóstolo Luciano, ligado à igreja evangélica Semear, e em Renatinho da Construferro seus mais fortes candidatos à Câmara Municipal.

Já o PSDC tem dois vereadores eleitos, Zé Carlos e Dayvison Miranda, além do advogado e blogueiro Cláudio Andrade.

No PT, a partir da coligação com PMN e PEN, os nomes à vereança mais fortes são o dos professores Odisséia Carvalho e Alexandre Lourenço, seguidos do advogado e estreante em eleições Alexis Sardinha.

Em troca da chance de tentar eleger um deles, o que seria impossível com a candidatura própria a prefeito de Hélio Anomal, Caio passa a ter em troca mais um minuto de propaganda à tarde e noite, mais oito spots de TV de 30 segundos, todo dia dos 35 de campanha, de próximo dia 27 a 30 de setembro — o que equivale a 10% do tempo total.

No aparente pleonasmo do jogo jogado, como a coluna “Ponto Final” vem alertando na Folha da Manhã desde 2 de julho, é isso (aqui) que interessa.

 

Atualização às 17h40: A única possibilidade de mudança nas nominatas em torno da majoritária do PDT é se o PP do suplente de deputado estadual Papinha, que se lançou hoje a prefeito, resolver até sexta (05) apoiar Caio. Cogita-se que Papinha também possa ser vice na chapa de Rafael Diniz (PPS), ou na de Nildo Cardoso (DEM).

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 5 comentários

  1. andre cruz

    Na verdade o print retirado do Meu Facebook diz Que nos da Ds faremos defesa da alianca com o PDT porem a convencao e soberana.
    Sds

  2. Genildo Siqueira

    Já entrou derrotado!!!… Nesta altura do campeonato, fazer acordo com o PT é declarar… Falamos a mesma linguagem? Tamo juntos e misturados?… Somos farinha do mesmo saco???
    O que mais??? Não tem um marqueteirozinho aí para me ajudar não??? Atualmente o tabuleiro das eleições em Campos está um verdadeiro circo, no picadeiro estão os que se acham espertalhões que ainda pensam que o povo bate palmas… O povo está chorando porque Campos está uma miséria em tudo… Até de candidatos a uma biquinha na Câmara. São 3 anos e seis meses escondidos dentro dos gabinetes e depois 6 meses nas ruas beijando crianças, idosos e otarios!!!…

  3. geovan

    Hélio Anomal não tem voto nem para ser vereador, quanto mais prefeito.

  4. sardinha

    Agora é a aliança da inexperiência (caio) e corrupção (PT)

  5. N. Junior

    Se DEUS quiser o Cláudio Andrade estará em uma das cadeiras da Câmara de vereadores pra fazer a diferença em prol do nosso povo, com conhecimento, competência, profissionalismo, moral, ética, caráter para trazer um pouco de dignidade para o nosso povo.

Deixe um comentário