Ataques pessoais de Garotinho colhem diferentes respostas dos vereadores

 

Charge de José Renato publicada hoje (14) na Folha

 

 

 

 

Falta de escrúpulos

Quando o principal líder da oposição de Campos busca fatos e fotos pessoais para provocar seus adversários políticos, é capaz de provocar todo tipo de reação. Que Anthony Garotinho (PR) nunca possuiu escrúpulos de ordem moral para atacar levianamente quem quer que seja, não é novidade para ninguém. Esse foi seu modo de agir desde que iniciou na política, nos anos 1980. E na tumultuada e longa sessão de ontem da Câmara Municipal, colheu diferentes respostas.

 

Níveis

Atacado por um jantar que promoveu pelo Dia dos Namorados, o vereador Cláudio Andrade (PSDC) leu na tribuna a íntegra da resposta publicada antes em seu blog. E nela desceu quase ao mesmo nível de Garotinho, a quem acusou de voyerismo e expôs pessoalmente numa suposta crise conjugal com Rosinha. Outro parlamentar atacado pelo ex-governador, o vereador Neném (PTB) teve reação mais serena. Depois de disputar sua terceira maratona, prova mais difícil do atletismo, ele preferiu ironizar quem deu para posar de atleta nas redes sociais, em contraste visível com a barriga e a papada proeminentes.

 

Reações

Mas coube ao vereador José Carlos (PSDC) a resposta mais contundente que o ex-governador teve na sessão de ontem da Câmara. Citado pela prisão do filho em 2015, por guiar carro roubado com placa adulterada, após tentar fugir da PM, seu pai lembrou que ele está pagando pelo crime que cometeu — diferente de Garotinho, condenado a dois anos e meio de prisão pela Justiça Federal do Rio, em 2010, por chefiar uma quadrilha armada no governo estadual Rosinha (2003/2007). Ademais, lembrou o vereador: “Meu filho entrou de cabeça baixa na viatura que o levou preso. Não foi esperneando como Garotinho ao ser conduzido a Bangu”.

 

Propina de sobremesa

Nas cobranças e respostas entre oposição e situação, talvez antecipando o clima das sessões futuras, os ataques pessoais se mantiveram. Depois que uma proposta do vereador Enock Amaral (PHS) de auxílio aos produtores rurais de Campos gerou uma confusão generalizada, Miguelito (PSL) indagou ao microfone: “E o Restaurante Popular?”. Ao que o próprio presidente da Casa, vereador Marcão (Rede), respondeu: “Fazer o Restaurante Popular voltar é muito fácil. É só Garotinho devolver os R$ 20 milhões de propina que recebeu da Odebrecht”.

 

Três fatores

A permanência do PSDB no governo Temer pode ser explicada por três fatores: Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, João Dória, prefeito da capital paulista, e Aécio Neves, senador afastado. Esses três atores cujos interesses estão em jogo no meio da crise que se instalou em Brasília desde a delação da JBS e levou de roldão o tucanato, têm razões para querer manter o apoio a Michel Temer num momento em que o peemedebista é arrastado para o olho do furacão.

 

Conveniências ao PSDB

Alckmin é pré-candidato à Presidência em 2018. Para o governador, é mais conveniente enfrentar um adversário trôpego, seja ele Rodrigo Maia ou o próprio Temer, a um fortalecido, como poderia ser caso as eleições indiretas fossem realizadas com o afastamento do presidente. Dória, por sua vez, vê no PMDB um aliado para seus projetos, que podem variar conforme o curso da Operação Lava Jato. E, finalmente, Aécio, que luta para não perder o foro e, com isso, ficar mais perto da prisão.

 

Bandeira cobiçado

O Flamengo até pode não estar lá essas coisas dentro de campo, mas o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Melo, que tem marcado sua atuação como bom gestor das finanças na Gávea. Assim, está bastante cotado nos meios políticos da capital. Pelo menos três partidos (PSDB, PPS e Rede) querem o cartola rubro-negro para ser candidato a governador do Rio. Os tucanos namoravam a candidatura do técnico de vôlei, Bernardinho, mas o escândalo envolvendo Aécio Neves esvaziou a pretensão…

 

Com a colaboração do jornalista Paulo Renato Porto

 

Publicado hoje (14) na Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 12 comentários

  1. jomares

    KKKKK, SE GRITAR …… NÃO FICA UM KKKKK

  2. jomares

    Facil né devolver? quero ver e ir la na cara dele e falar isso

  3. Antonio Bernardes

    Faltaram ainda não explicado os autores do veiculo que atropelaram vários jovens da boneca do Valdir, em Grussa1!!!!!

  4. Leandro

    Vereador Marcão, o que vcs fizeram até agora para população? Vc devem falar menos e trabalharem mais

  5. Leandro

    Vereador Marcão, o que vcs fizeram até agora para a população? Vcs devem falar menos e trabalharem mais

  6. ALEX

    Acho que o grupo atual fez muito mais em 6 meses do que GAROTINHO o prefeito de fato em 8 anos, como todos sabem como é incompetente e picareta, alem de mentir descaradamente….

    GAROTINHO DEVOLVE OS R$ 20 MILHOES QUE RECEBEU DE PROPINA DA ODEBRECHT E PEDE PRA ODEBRECHT DEVOLVER TUDO QUE RECEBEU E NAO ENTREGOU COMO AS CASINHAS… QUE É CLARO VOCE LEVOU (trecho excluído pea moderação) ALI NÉ ?

    ASSIM FICA SUPER BOM, PRA TODOS !!!

  7. João Victor

    Até agora não vi nada muito diferente do que era antes. É melhor falar menos e trabalhar mais. Votei e acreditei. Mas sinceramente, até agora não vi nada muito melhor do que se existia antes. Mais ação e menos papo, eleição já passou. Quem ganhou com o voto do povo tem que trabalhar. Se existem problemas, trabalhe para resolver. Falar de passado soa como justificativa para o pouco feito até agora. A questão é ajustar o que pegou ruim, e fazer o que for possível, sem esse tanto de palavras que demonstram meras justificativas vazias. Há muitas ruas precisando de reparos simples de tapa buraco, por exemplo.

  8. João Victor

    Continuo torcendo pelo melhor desse atual governo.

  9. Sandro

    Interessante a pauta da reunião da câmara municipal, infelizmente, grafada com letra minúscula . Discutir , após seis meses , os malefícios e mal feitos do governo que já acabou. Ora, todos sabíamos que ,a quem coubesse a administração da cidade, iria encontrar uma situação difícil, pelos vários aspectos econômicos que atravessamos ,manto a cidade, como o estado, quanto o país. Dito isto, gostaria de saber o quanto os vereadores ,tanto os eleitos legitimamente , quanto os que se encontam em suspeição de compra de votos , tem feito pela administração pública . Quais são os projetos de lei que tem sido apresentados ? Não vale moção de aplauso. A prefeitura tem enviado projetos para aprovação da câmara ? Ainda ontem , vi fila formando-se em frente ao HAA, para marcação de consulta . O incrível era a hora: 19:00 e havia idosos se preparando para dormir na fila. A criminalidade tem aumentado vertiginosamente em Campos , e o que a PMCG faz para ajudar no seu combate? Onde foram parar os recursos do programa de saúde da família ? Será que ainda não restabeleceram o convênio? Enfim, espero , como cidadão , que o prefeito e seus aliados , parem de mimimi e chororo e comecem a tomar pra si a responsabilidade de governar.

  10. cesar peixoto

    Marcao , Rafael e seus aliados, ainda da tempo de pular do barco.Falar e facil,dificil e fazer,eu nao vi mudar nada a nao ser em beneficio proprio.Seis meses se passaram, esta indo pra onde o dinheiro da prefeitura

  11. cesar peixoto

    Pelo que eu sei Garotinho nao ataca ninguem,ele apenas se defende,voces queriam a prefeitura esta na maos de voces, esta faltando o que agora

  12. cesar peixoto

    A cidade de Campos esta entregue as baratas, nao tem emprego, a violencia cada dia aumenta mais, assalto, roubo nem se fala isso que e transparencia

Deixe um comentário