Opiniões

Após derrota de Renan, Moro lança projeto contra crime organizado e corrupção

 

Após se reunir com o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, hoje o ministro Sérgio Moro apresentou a governadores seu projeto de lei contra a corrupção e o crime organizado (Foto: Divulgação ministério da Justiça)

 

No início da noite de sábado (02), após a derrota de Renan Calheiros (MDB/AL) na eleição a presidente do Senado, vencida por Davi Alcolumbre (DEM/AP), foi escrito (aqui) neste blog:

— Ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro respirou mais aliviado com a definição na Câmara Alta da República. Fosse presidida novamente por Renan, ele seria o principal adversário do ex-juiz federal no pacote anticorrupção que este prepara para enviar ao Congresso.

Pois hoje (04), menos de 48h depois, Sérgio Moro se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), com 12 governadores, respondeu aos questionamentos da imprensa em entrevista coletiva e lançou formalmente seu projeto de lei contra a corrupção, o crime organizado e os crimes violentos no Brasil,

Sem entrar no mérito das propostas, que demandarão muita discussão no Congresso Nacional, na comunidade jurírica e na sociedade, o governo Bolsonaro começa a dizer a que veio. E dois dias depois de sepultar no Senado o último elo do consórcio PT/PMDB — que governou o país nos últimos 16 anos —, cumpre suas promessas de campanha.

 

Conheça as propostas do ministério da Justiça e Segurança aqui.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Deixe uma resposta

Fechar Menu