Protestos esvaziados e negação da realidade

 

 

 

Charge de José Renato publicada hoje (07) na Folha

 

 

Das duas, uma

Convocados durante a semana (aqui) em grupos de rede social ligados ao garotismo, os protestos de ontem contra o governo Rafael Diniz (PPS) podem ser interpretados de duas maneiras. Ou o descontentamento com os nove primeiros meses da nova administração municipal não é tão grande assim, ou esse sentimento de insatisfação popular soube identificar e não aceitar a tutela de quem saiu pela porta dos fundos da Prefeitura na eleição de outubro passado, após quase 30 anos no comando de Campos. Mesmo com áudios denunciando (aqui) o pagamento de R$ 100,00 por manifestante, os três protestos registrados ontem não arrebanharam 200 pessoas.

 

Na BR 101

Na manifestação que conseguiu reunir mais gente, cerca de 100 pessoas fecharam (aqui) a BR 101, no trecho Campos/Vitória, na altura do Parque Bela Vista II, em Guarus, dizendo fazê-lo em protesto contra os cortes nos programas sociais do município. Por volta das 10h30 da manhã, atearam fogo em pneus e galhos, gerando um engarrafamento que se estendeu por mais de um quilômetro da rodovia mais importante do país. Durou cerca de uma hora. Depois, por volta das 11h30, outro grupo, com cerca de 50 manifestantes, fechou a mesma BR 101 na altura de Travessão. Mas esse protesto só chegou a durar alguns minutos.

 

Tiros no pé e pela culatra

O terceiro protesto foi em frente à Prefeitura. Mas neste, quando os cerca de 40 militantes do garotismo chegaram (aqui), por volta das 10h, lá encontraram (aqui) mais do que o dobro de manifestantes em defesa do governo Rafael. E entre os cerca de 100 simpatizantes do prefeito, estavam 16 dos 17 vereadores da situação. Apenas o edil Cláudio Andrade (PSDC), por demanda pessoal, não pode estar presente. Se a iniciativa garotista foi um tiro no pé, ao não conseguir mobilizar nem 200 pessoas em manifestações que prometiam se multiplicar para fechar todas as entradas e saídas da cidade, foi também um tiro pela culatra: uniu a base governista.

 

Momento hilário

Além das suas consequências políticas, o encontro entre os grupos de Rafael e do ex-governador Anthony Garotinho (PR) produziu também a cena mais hilária dos protestos de ontem. Homônimo do pai, o jovem Anthony Matheus, que se tornou conhecido pelo sonho de se tornar astronauta, ficou chateado ao ver as fotografias de Garotinho e Rosinha num caixão levado pelos militantes do governo. E foi pedir a eles que tirassem as fotos. Ao que foi respondido: “Tudo bem, Anthony. A gente vai atender o pedido de um filho. Afinal seus pais acabaram com a cidade, mas você por enquanto não tem culpa”.

 

Impressões digitais

Além das digitais indisfarçáveis do pai na presença do filho no protesto contra o governo, a ligação de Garotinho com as ações de ontem ficou também evidenciada na presença do ex-vereador Albertinho (PMB) nos dois protestos que fecharam a BR 101. Condenado a oito anos de inelegibilidade na mesma Chequinho que condenou Garotinho a nove anos e 11 meses de prisão, Albertinho já foi flagrado tanto nos protestos de motoristas de vans e lotadas que só este ano pararam Campos (aqui, aqui, aqui, aqui e aqui)  por cinco vezes, quanto na paralisação dos rodoviários (aqui) de 4 de setembro, que pediam fiscalização às vans e lotadas.

 

“Por que será?”

Diante da carência de lógica nas ações do liderado, não é de se estranhar a nova tentativa de negação da realidade, ontem, por parte do líder. Em seu blog, Garotinho negou ter participação nas manifestações esvaziadas, depois de antecipadas por esta coluna (aqui) desde o último dia 28, seguinte ao ex-governador conseguir recorrer em liberdade da condenação criminal na Chequinho, após 14 dias de prisão domiciliar. Na oportunidade, foi lembrado que, enquanto Garotinho esteve confinado e incomunicável na famosa “casinha na Lapa que papai deixou”, Campos não teve nenhum protesto. Ao que foi indagado: “Por que será?”

 

O motivo

O ex-governador também criticou a antecipação dos protestos pelo “Ponto Final” e noticiou uma ação contra os diretores deste jornal no Ministério Público Federal (MPF). O motivo foi aventado (aqui) pelo jornalista Esdras Pereira: “Condenado a quase 10 anos de cadeia (…) e gozando de uma precária liberdade à força de um habeas corpus, Garotinho parece ter protocolado essa denúncia como uma tentativa de ‘fabricar’ um salvo conduto para si próprio, caso membros da facção rosa sejam presos durante a ação terrorista dessa sexta-feira, e seus depoimentos e as investigações policiais o apontem como o suposto mandante”.

 

“Rindo à toa”

Toda a postagem de Garotinho em seu blog se resume em frase própria: “Chega a ser ridículo”. De qualquer maneira, como entre os diretores da Folha acionados está o blogueiro Christiano Abreu Barbosa, pertinente o que este escreveu (aqui) em 8 de abril de 2015, em nota intitulada “Intimidação patética”: “A Folha já foi alvo de enxurrada de processos infundados do governo Rosinha. Ganhou todos. Deve-se lembrar que na derrota, honorários advocatícios são devidos ao lado vitorioso. Só em uma ação perdida mês passado, Rosinha foi condenada a pagar R$ 8.000,00 de honorários advocatícios. Os advogados do escritório jurídico da Folha da Manhã estão rindo à toa”.

 

Publicado hoje (07) na Folha da Manhã

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem 6 comentários

  1. Gevaldo

    A credibilidade deste casal se esvai pelo ralo da prepotência!!!

  2. ALEX

    PRimeira pegunta: AONDE GAROTINHO ARRANJA TANTO DINHEIRO ASSIM PRA BANCAR ESSA EQUIPE DE JURIDICO ENORME QUE ELE MANTEM ? ANTIGAMENTE SABIA-SE QUE A PREFEITURA BANCAVA, DE MODO OCULTO CLARO E COM AS AUTORIDADES FINGINDO NAO VER, UM PORQUE ERAM ALIADOS E RECEBIAM TAMBEM E DOIS PQ DEMANDA MAIS TRABALHOS DE INVESTIGAÇÃO QUE OS PREGUIÇOSOS NAO QUEREM…

    SEGUNDA PERGUNTA: SERA QUE GAROTINHO ESTA INTIMIDADO E COM MEDO DA CADEIA NOVAMENTE ? SERIA A TERCEIRA EM UM ANO E JA PODE PEDIR MUSICA NO FANTASTICO… PRA SE ANTECIPAR AO QUE VEM POR AI, SO PODE SER ISSO… CLARO !!!

    TERCEIRA PERGUNTA: SERA QUE GAROTINHO ESTA CONFORTAVELMENTE EM SEU APARTAMENTAO NO FLAMENGO AVALIADO EM MAIS DE R$ 2 MILHOES DE REAIS E QUE TEM COMO DONO A FILHA DE SUA EMPREGADA ? NESSE CASO QUEM SERIA O DONO VERDADEIRO E QUE VIVE OCULTO DIZENDO NADA POSSUIR E QUE NADA TEM, HA NAO SER UMA CASINHA NA LAPA QUE PAPAI DEIXOU ?

    GAROTINHO VOCE É UMA FARSA, UM NADA, VOCE É UM ESCROTO NOJENTO QUE FINGE SER QUEM NÃO É, SEU PERSONAGEM INVENTADO É BEM DIFERENTE DO ANTHONY MATHEUS O BANDIDAO QUE A JUSTIÇA JÁ ENQUADROU !!

    GAROTINHO NUNCA MAIS !!!

  3. Edimar

    Vou arriscar uma terceira alternativa.
    A baixíssima adesão, retrata a total descrença da população na classe política.

  4. Eu sinceramente nao vi o dobro de simpatizante de Rafael,o que eu vi foi uns brutalhoes com certeza eram segurancas disfarsados,que foram ao encontro dos manifestante que clamava por justica social.e so assistir o video e conferir a veracidade do que eu estou narrando

  5. Coelho

    Quando se fala de politica de administração publica não existe unanimidade, porém é um fenômeno esse Rafael Diniz em administra Campos dos Goytacazes, (trecho excluído pela moderação)

Deixe um comentário