Matoso: “Garotinho entra por uma porta, saio pela outra”

 

No Folha no Ar de terça, Rogério Matoso questionou Wladimir Garotinho, José Maria Rangel e Anthony Garotinho (Montagem: Eliabe de Souza, o Cássio Jr.)

 

“Black fraude”?

Em entrevista na manhã de ontem ao Folha no Ar, o vereador Rogério Matoso (DEM) fez críticas ao governo Wladimir Garotinho (PSD). Disse que a ruptura com o prefeito, a quem apoiou no segundo turno de 2020, se deu pelo envio em maio de um pacote à Câmara, sem tempo para estudo. Ainda que 12 dos 13 projetos tenham sido aprovados, incluindo três com cortes ao servidor, a oposição conseguiu até aqui segurar o do novo Código Tributário. Matoso chamou de “black fraude” o fato de o governo ter enviado o projeto do Refis à Câmara na mesma semana de agosto em que cobrou reajuste de IPTU retroativo aos últimos cinco anos.

 

Matoso x Rangel

A resistência da oposição no Legislativo ao Código Tributário e ao IPTU tem encontrado eco na sociedade. Do contribuinte em geral, mas sobretudo do setor produtivo. No painel econômico da Folha de 23 de outubro, o petroleiro José Maria Rangel, diretor do Sindipetro, disse que “o problema é que atualmente a maioria dos nossos representantes na Câmara Municipal estão atrelados, de alguma forma, ao setor produtivo”. Empresário e vereador eleito com 3.086 votos, Matoso considerou a fala “política”. Candidato a vereador em 2020 pelo mesmo PT de Ceciliano, Rangel não se elegeu, mas fez 2.934 votos.

 

E se Garotinho entrar?

Matoso foi indagado como ficará com a união entre o seu DEM e o PSL que serviu para eleger os Bolsonaro em 2018. E seria abandonado pelo clã presidencial na briga por verbas do fundo partidário. Em fusão a ser homologada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o novo partido se chamará União Brasil. E teria quatro vereadores em Campos. No DEM, Matoso e Marcione da Farmácia, que tem votado com o governo Wladimir; no PSL, o veterano Nildo Cardoso e o jovem Bruno Vianna. A ida do ex-governador Anthony Garotinho (hoje, sem partido) à nova legenda é tida como certa. “Ele entra por uma porta e eu saio pela outra”, respondeu Matoso.

 

Publicado hoje na Folha da Manhã.

 

fb-share-icon0
20
Pin Share20

Este post tem um comentário

  1. CRICIO MANHAES PINTO

    DISSE E REAFIRMO!! TEMOS OBTER CIÊNCIA E NÃO CONHECIMENTO??? POIS, HÁ DIFERENÇA ÁS PALAVRAS !!
    ISSO QUE “ELES OS GAROTINHOS ADORAM” FALTA DE INFORMAÇÃO Á POPULAÇÃO CAMPOS/RJ!!

Deixe um comentário